sexta-feira , 12 abril 2024
Capa » Notícias » União Química cresce 27,9% no 3º trimestre de 2022

União Química cresce 27,9% no 3º trimestre de 2022

Indicadores atestam os resultados positivos da farmacêutica entre julho e setembro e mostram os investimentos diversificados da companhia

Novembro, 2022. A União Química, empresa multinacional com capital 100% nacional, teve um desempenho positivo nos negócios no 3º trimestre de 2022. A convergência de estratégias bem direcionadas, o plano de crescimento sólido, o lançamento de novos produtos e o investimento contínuo em inovação renderam à empresa receita líquida de R$ 1.028 milhões entre julho e setembro deste ano, um crescimento de 27,9% em comparação ao mesmo período no ano anterior.

Os números mostram ainda que, a empresa que vem investindo em uma estratégia de internacionalização por meio de aquisições, fechou o trimestre com e EBITDA de R$ 206 milhões, o que representa um aumento de 24,2%, se comparado com o terceiro trimestre de 2021. Os investimentos em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) também ocuparam espaço importante na estratégia da companhia que investiu mais de R$70 milhões nesta frente, resultando em 25 novos produtos para atender o mercado de saúde humana e animal.

A empresa, que hoje conta com um portfólio com cerca de 300 produtos e mais de 600 apresentações, tem se destacado dentro do mercado industrial brasileiro pelo perfil empreendedor e arrojado e, hoje, já está presente em mais de 80 mil farmácias de todo o Brasil.

“A União Química se destaca dentro desse mercado tão competitivo pelo perfil arrojado, por uma estratégia forte, pelo investimento constante em inovação e pela diversidade da nossa atuação. Essa soma de fatores, junto com um time altamente qualificado vêm sustentando o crescimento da companhia. E iremos continuar nesse caminho, investindo na industrialização brasileira, e ocupando papel de destaque dentro do setor farmacêutico e da economia nacional”, observou.

Visão de mercado e amplo portfólio

Prestes a celebrar 86 anos de história, a União Química se reinventa e aposta na versatilidade do seu portfólio, através de cinco unidades de negócios, Agener União, Genom, Farma, Hospitalar e Terceirização. Hoje, a estrutura da empresa é amparada em duas divisões distintas: saúde e humana e saúde animal — esta última que tem impulsionado fortemente o crescimento da companhia e que, neste trimestre, chegou a R$ 299,8 milhões de receita bruta, com alta de 45,8%.

Na divisão saúde humana, a empresa apresentou receita bruta de R$ 826,1 milhões de receita bruta, aumentando em 26,9% na comparação com o mesmo período de 2021, o que levou à União Química à 10ª posição do ranking de corporações da indústria farmacêutica da FMB (Canal Retail).

“A comercialização da nossa linha de medicamentos genéricos cresceu 57,9% entre julho e setembro, índice muito superior ao crescimento do mercado, que foi de pouco mais de 19%”, observa o presidente.

No segmento da terceirização de produtos e serviços, a empresa alcançou receita bruta de R$ 104,9 milhões, valor que pode ser atribuído às novas parcerias, como o contrato de fornecimento para Bayer.

Agenda ESG é prioridade para empresa

O número de colaboradores também expandiu e, neste trimestre chegou a 7.748 funcionários em todo o país, um crescimento de 8%. A companhia tem ainda, indicadores fora da curva do mercado e, atualmente, 47% do seu time é formado por mulheres, sendo que 37% delas ocupam cargos de liderança em todos os níveis.

Outro diferencial é a sucessão de investimentos em sustentabilidade, com destaque para o programa Raízes da União, lançado em dezembro de 2021, e que deve receber investimento de R$ 30 milhões para o plantio de um milhão de árvores nativas nos estados de São Paulo e Minas Gerais, além do Distrito Federal, regiões onde a companhia possui unidades industriais.

“O compromisso com pautas ligadas a governança, social e meio ambiente é de extrema importância para a União Química. Seguimos atuando nas diversas frentes para auxiliar na construção de um futuro melhor para as próximas gerações. O programa Raízes da União, que é uma das maiores iniciativas da companhia, além do plantio de um milhão de árvores, possui uma vertente de educação ambiental, que capacita professores das cidades onde a empresa possui suas unidades fabris para que eles possam disseminar o conhecimento para alunos que, naturalmente, compartilharão com toda a comunidade como um ciclo positivo e vivo pelo meio ambiente”, explica Marques.

O executivo detalha ainda que em São Paulo o programa tem parceria com o Instituto Ipê, e 100 mil mudas já começaram a serem plantadas na região do Sistema Cantareira, a principal fonte de abastecimento de água da capital. Em Minas Gerais, onde serão plantadas, inicialmente, 400 mil mudas de árvores nativas na região da Serra da Mantiqueira, o programa deve promover reflorestamento para contribuir com a retenção de água. Já no Distrito Federal, o programa tem parceria com o Instituto Arvoredo e plantará 50 mil mudas de árvores nativa nos meses mais chuvosos do ano, começando agora em novembro e seguindo até março de 2023.

Atuação transparente e comprometida

Com mais de 8 décadas de mercado, a empresa possui um modelo de Governança Corporativa guiado que visa a criação de valor a longo prazo, facilita o acesso ao capital e contribui com o crescimento e a perenidade dos negócios. Atuando de acordo com o Código de Melhores Práticas de Governança Corporativa (IBGC), o modelo é baseado nos princípios da transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa. Além disso, o documento destaca a instituição do Conselho de Administração da empresa, que é composto sete membros, entre eles Paula Melo, executiva da União Química que ocupa o cargo de presidente.

“O objetivo do Conselho de Administração é manter, na tomada de decisões, o direcionamento estratégico dos negócios, de acordo com os principais interesses da organização como um todo, protegendo seu patrimônio, zelando por sua perenidade e maximizando o retorno sobre seus investimentos, além de garantir boas práticas de governança corporativa. Eles vão zelar pelos interesses da nossa marca, priorizando na agenda os interesses dos nossos stakeholders”

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores