sábado , 18 maio 2024
Capa » Ciência contra a Covid

Ciência contra a Covid

Anvisa aprova atualização de vacina contra Covid-19

Vacina da empresa Zalika foi atualizada para a cepa XBB.1.5.

Leia Mais »

São Cristóvão Saúde explica a importância da vacinação contra a Covid-19

Médica infectologista esclarece fatores de desinformação sobre a imunização contra a doença no Brasil

Leia Mais »

Anvisa aprova mais uma vacina contra a Covid-19

A vacina da empresa Zalika foi autorizada para uso na população a partir de 12 anos de idade.

Leia Mais »

Vacina brasileira pode ser opção ideal para campanha de vacinação anual contra a Covid-19

SpiNTec poderá conferir maior duração da resposta imune e ser mais efetiva que as vacinas atualmente disponíveis no Brasil contra variantes do vírus SARS-CoV-2, avaliou coordenador do projeto de desenvolvimento do imunizante durante a Escola FAPESP 2023, Ciências Exatas e Naturais, Engenharias e Medicina

Leia Mais »

Terapias celulares podem reduzir em 60% o risco de morte por Covid-19, aponta estudo

Maria Fernanda Ziegler | Agência FAPESP – O uso de terapias celulares em pacientes com COVID-19 reduziu em 60% o risco de morte pela doença. A conclusão, divulgada na revista Frontiers in Immunology, é de um estudo de revisão conduzido por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com cientistas alemães e norte-americanos. O artigo compila dados de 195 ensaios clínicos feitos em 30 países, entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021.

Leia Mais »

Estudo clínico é lançado no Brasil para avaliar um medicamento experimental para o tratamento de Covid-19 

Pesquisa também investiga o potencial do remédio para reduzir o risco da Covid Longa 

Leia Mais »

ICMRA publica declaração sobre segurança das vacinas contra a Covid-19

Autoridades reguladoras de todo o mundo reforçam benefícios da vacina na proteção da saúde.

Leia Mais »

Estudos apresentados na Unicamp traçam panorama de sequelas da Covid-19 no cérebro

Julia Moióli, de Campinas | Agência FAPESP – Mesmo as infecções mais leves pelo SARS-CoV-2 são capazes de causar alterações estruturais e funcionais no cérebro que podem desencadear manifestações neuropsiquiátricas, como ansiedade, depressão, fadiga e sonolência, além de comprometer o bem-estar, a saúde e a capacidade de trabalhar. Essa é a conclusão de alguns estudos sobre a COVID-19 apresentados na nona edição do BRAINN Congress, organizado pelo Instituto de Pesquisa sobre Neurociências e Neurotecnologia (BRAINN), um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP sediado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Leia Mais »

Doses de reforço potencializam sistema imunológico contra a covid-19

Coordenadora do curso de Enfermagem da Anhanguera explica a importância do esquema vacinal

Leia Mais »

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina contra a Covid-19 do laboratório Moderna

A vacina bivalente contém uma mistura de cepas do vírus SARS-Cov-2 e se propõe a conferir maior proteção contra a variante omicron

Leia Mais »
× Fale com os gestores