segunda-feira , 18 fevereiro 2019
Capa » Fornecedores

Fornecedores

A importância da ventilação industrial nesta época do ano

O motor desenvolvido por empresa catarinense é, segundo divulgação, o mais leve e forte do mercado com maior rendimento e é anticorrosivo

As indústrias movimentam grande parte da economia do Brasil e, mesmo com a crise sofrida em 2016, o setor empregava 7,7 milhões de pessoas, de acordo com dados da Pesquisa Industrial Anual Empresa (PIA Empresa), que foi divulgado pelo IBGE em junho de 2018. O setor é de grande importância para o desenvolvimento da economia, já que as indústrias atuam nas mais diversas áreas, seja alimentícia, industrial, ou naval, por exemplo.

Para quem trabalha no famoso “chão de fábrica” é preciso ter as condições adequadas para que possa produzir e conviver com as máquinas sem risco de acidentes ou efeitos colaterais. O espaço onde trabalham é repleto de grandes maquinários e é necessário ter alguns cuidados com a saúde. Um dos equipamentos que pode passar despercebido, mas acaba se tornando um item imprescindível até na questão da segurança são os ventiladores industriais. O processo de ventilação serve para a limpeza e o controle do ar, já que a maioria das indústrias acaba gerando resíduos, e caso não sejam tratados, vão gerar poluição que pode ser altamente prejudicial aos trabalhadores.

Para atender essa grande demanda das indústrias, a Hercules Motores Elétricos,empresa catarinense que faz parte do Grupo Mueller, oferece motores para ventilação industrial, que são utilizados nos exaustores ou climatizadores, com classe de isolamento F suportando até 155Cº aumentando a vida útil do motor. Os motores da Hercules são os mais leves do mercado, o que favorece a otimização do trabalho dos profissionais que precisam fazer a instalação. Além disso, a carcaça é feita de alumínio, tendo um efeito anticorrosivo, perfeito para lugares onde há maresia e exposição de produtos químicos. Os motores da Hercules são bobinados em fio de cobre e seus rendimentos são aprovados pelo Inmetro.Todo o processo do desenvolvimento e construção dos motores é feito inteiramente no Brasil, o que valoriza ainda mais a indústria nacional. 

Hercules Motores Elétricos

A empresa foi criada pelo grupo Mueller que já possui 69 anos de história, foi pioneira na fabricação de lavadoras de roupa do Brasil, referência no setor de eletrodomésticos e busca sempre por soluções inovadoras. A Hercules Motores Elétricos, que está no mercado há 13 anos, traz em seu DNA a mesma essência do Grupo Mueller e desde sua fundação trabalha com o que há de mais atual e tecnológico no mercado.

O diferencial da Hercules é o atendimento personalizado, que permite a customização de motores para clientes de diferentes segmentos de negócios de pequeno, médio e grande porte. ‘’Com rigorosos padrões de qualidade nos seus processos produtivos, é uma empresa certificada pela ISO9001 e tem os rendimentos dos seus motores aprovados pelo Inmetro, com alta eficiência energética”, comenta Drauzio Menezes, diretor da Hercules Motores.

Atualmente existe um grupo dentro da Hercules Motores Elétricos que foi criado para realizar ações com a comunidade e com os colaboradores, que reforça o respeito ao meio ambiente aliado ao avanço da tecnologia.

Válvulas de Diafragma ZDL são confiáveis e necessitam de pouca manutenção

As Válvulas de Diafragma ZDL são projetadas para atingir e exceder os mais exigentes padrões de sanitariedade da indústria farmacêutica. Trabalham de forma confiável e necessitam de pouca manutenção. Leia Mais »

Rastreabilidade: empresas fornecem soluções para adequação das linhas de produção

Para que as indústrias farmacêuticas atendam à legislação vigente e às regras que permeiam o sistema nacional de controle de medicamentos, algumas empresas oferecem soluções interessantes. Leia Mais »

Rigor oferece serviços de consultoria, validação, automação, calibração e instrumentação

Formada por profissionais com ampla experiência no Brasil e exterior, a Rigor atua no segmento farmacêutico, cosmético, alimentício, dentre outros. Leia Mais »

Reintech lança higienizador automático de mãos

A contaminação microbiológica cruzada tem sido alvo das grandes preocupações para a assepsia, pois quando há troca de microorganismos, na maioria das vezes o responsável pela contaminação cruzada é o próprio profissional encarregado. Leia Mais »

2A+Farma publicará reportagem sobre Qualificação de Fornecedores. Anuncie!

O Portal 2A+Farma publicará neste mês uma matéria exclusiva sobre Qualificação de Fornecedores. Confira abaixo alguns trechos. A reportagem será publicada na íntegra no dia 19 de abril. Leia Mais »

Pavilhão brasileiro fortalece relações comerciais durante MEDLAB 2018

Realizada entre 5 e 8 de fevereiro em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a feira movimentou o setor de laboratórios. Leia Mais »

Laboratório alemão abrirá fábrica de exames de zika e chikungunya no Brasil

O laboratório alemão EUROIMMUN, líder mundial em diagnóstico autoimune e pioneira no Brasil a fornecer exames de zika, dengue e chikungunya abrirá sua fábrica própria no país em 2018. A sede será instalada na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo. O local teve um investimento inicial de R$ 8,5 milhões e contará com um centro de pesquisa e de desenvolvimento.

Com a instalação da fábrica, a EUROIMMUN se tornará o maior fabricante do país de testes para dengue, zika e chikungunya. De acordo com Gustavo Janaudis, CEO da filial brasileira, a meta é transformar o país em uma plataforma de desenvolvimento de produtos. “Da nossa fábrica sairão biochips® capazes de detectar doenças para o mercado internacional, por exemplo. Hoje, importamos e distribuímos 18 mil biochips por dia. Com a nova instalação, vamos produzir 40 mil e podemos até dobrar esse número na segunda fase de expansão”, conta.

Com pesquisas no Brasil, a EUROIMMUN dará a oportunidade a talentos e cientistas nacionais de desenvolverem seus testes em larga escala. Além disso, a EUROIMMUN Universidade vai ampliar o programa de educação continuada, uma prática que já é realizada pela empresa atualmente, com a inauguração de um Centro de Treinamento para a América Latina. Oferecerá cursos de educação a distância, com estrutura de aprendizagem e treinamento para os clientes.

Os clientes terão acesso a testes exclusivos e inovadores realizados pelo time de especialistas e acompanhamento dos profissionais que ficam na sede localizada na Alemanha. A prática promoverá a redução de custos e prazos aos testes hoje encaminhados para laboratórios no exterior. A EUROIMMUN ainda criará o Instituto de Imunologia Experimental que será o primeiro fora da matriz alemã e que vai apoiar a produção científica, a pesquisa e o desenvolvimento dos pesquisadores do Brasil.

A empresa é líder mundial em soluções para diagnóstico laboratorial. O portfólio de reagentes inclui mais de mil parâmetros de diagnóstico. A empresa foi fundada em 1987 em Lübeck na Alemanha e tem em seu quadro atual mais de 2400 funcionários em 16 países. Acessehttp://www.euroimmun.com.br/

*BIOCHIP = permite miniaturização extrema para combinação de mais de 30 diferentes tecidos, substratos celulares e antígenos purificados.

Inovação alavanca crescimento na Evonik

A Evonik pretende alavancar um potencial de crescimento adicional por meio da inovação. “Novos produtos, soluções e modelos de negócio farão uma contribuição significativa para o crescimento e a lucratividade da Evonik.  Esses são integrantes essenciais da nossa agenda estratégica”, observou Harald Schwager, VP da Diretoria Executiva da Evonik Industries e responsável por inovações. O canal de inovação da Evonik está muito bem abastecido e o seu valor aumentou em um terço nos últimos cinco anos.

Schwager pretende implementar rapidamente esses planos de negócio a fim de gerar vendas adicionais a partir do valor do canal de projetos. “Temos que levar os nossos projetos de inovação para os clientes de um modo mais rápido e ainda mais focado. Vamos conseguir isso aumentando a nossa eficiência em pesquisa e desenvolvimento, trabalhando em colaboração estreita com os clientes”, acrescentou. No médio prazo, a meta da Evonik é aumentar para 16% a fatia de produtos e aplicações desenvolvidos nos últimos cinco anos nas vendas da empresa. Atualmente, essa participação é de 10%.

A Evonik pretende apoiar cada vez mais o sucesso dos clientes por meio de tecnologias digitais. Recentemente, a empresa anunciou que iria disponibilizar cerca de 100 milhões de euros para projetos de digitalização. “Nossa prioridade são novos modelos de negócio, além de soluções e serviços personalizados para os clientes. A mudança digital será um propulsor essencial da inovação ao longo da cadeia de fornecimento e às indústrias dos nossos clientes”, enfatizou Schwager.

Os gastos com pesquisa & desenvolvimento continuam altos em mais de 400 milhões de euros ao ano. Schwager, no entanto, acha que a pesquisa não é um fim em si. “Ela deve ocorrer de um modo focado em projetos que prometem mais negócio e crescimento – nos prazos curto, médio e longo”. Em resultado disso, cerca de 90% dos fundos são investidos nos esforços de pesquisa dos segmentos operacionais, e especificamente em negócios com potencial de crescimento particularmente alto. A participação do gasto com P&D nas receitas (razão P&D) nesses negócios já é de 4-6%. No Grupo como um todo, a razão de P&D excede 3%.

“Vemos a inovação como algo crucial para assegurar e expandir as nossas posições de mercado. Além disso, estamos trabalhando em áreas que irão gerar novos negócios para nós, impelidos por inovação. A Evonik prioriza em especial seis áreas de crescimento em inovação: Sustainable Nutrition, Healthcare Solutions, Advanced Food Ingredients, Membranas Cosmetic Solutions e Additive Manufacturing. Cada uma delas se apoia em uma estratégia clara com metas comerciais, objetivos de mercado e modelos de negócio, incluindo a aquisição de competências. “As inovações dessas áreas irão gerar um bilhão de euros adicional em vendas até o ano de 2025″, explica Küsthardt.

 

Despesas em P&D €438 milhões
Despesas com P&D (2011-2016)

 

Aumento médio: 4% ao ano
Razão P&D

 

3,4%
Desenvolvimento do valor do canal de inovação

de 2012 a 2016

 

Aumento de um terço
Vendas alavancadas por patentes

 

56%
Novos pedidos de patentes depositados

em 2016

 

Aprox.  230
Patentes registradas e pedidos depositados

 

Aprox.  24.500
Marcas comerciais registradas / com registro

pendente

 

Aprox.  7.000
Colaboradores em P&D

 

Aprox.  2.700
Locais de P&D

 

35

Informações sobre a empresa

Evonik, o grupo industrial criativo da Alemanha, é uma das principais empresas de especialidades químicas do mundo. A essência de sua estratégia corporativa é o crescimento rentável e o aumento sustentado do valor da empresa. A Evonik se beneficia sobretudo de seu talento inovador e de suas plataformas de tecnologia integrada. A Evonik atua em mais de 100 países no mundo inteiro. Em 2016, mais de 36.000 colaboradores geraram vendas da ordem de 12,7 bilhões de Euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de cerca de 2,165 bilhões de Euros.

No Brasil, a história da Evonik Industries, começou em 1953. A empresa conta hoje com cerca de 600 colaboradores no País e seus produtos são utilizados como matéria-prima em importantes setores industriais, como: automotivo, agroquímico, biodiesel, borracha, construção civil, cosmético, farmacêutico, nutrição animal, papel e celulose, plástico, química e tintas.

Sebastião Cunha destaca as inovações da Dow e a preocupação com as Boas Práticas

A 2A+ Portais de Notícias entrevistou  Sebastião Cunha, líder da planta de Hortolândia (SP) da Dow. Ele falou sobre os ingredientes  multifuncionais inovadores desenvolvidos recentemente pela empresa, além de tecnologias que permitem que os clientes desenvolvam produtos que ofereçam sensorial mais agradável. Cunha também  destacou  os cuidados nas áreas de produção para evitar a contaminação e os procedimentos da empresa para que os colaboradores da área produtiva estejam sempre atualizados quanto às Boas Práticas de Fabricação.

Confira.

Quais as tecnologias de última geração usadas para a produção das principais soluções?

R.: A Dow apresentou recentemente durante a in-cosmetics 2017 tecnologias inovadoras e soluções criadas com a integração entre a Dow e a Dow Corning. São tecnologias que permitem que os clientes desenvolvam produtos que ofereçam sensorial mais agradável, desempenho superior e multifuncionais, preparados para a vida moderna, além de ingredientes para elaboração de formatos diferentes das formulações convencionais já conhecidas.

A companhia fornece ingredientes multifuncionais para melhorar o desempenho dos produtos dos clientes e estão baseados em tendências que representam o futuro dos cuidados pessoais, com objetivo em oferecer uma experiência mais agradável   com foco no sensorial para atingir cada um dos sentidos do consumidor e ainda desenvolver texturas diferentes ao toque. Um exemplo de como o consumidor final consegue perceber as soluções da Dow é o grande uso de polímeros em formulações de cuidados com o cabelo e pele, proporcionando sensoriais únicos de textura, sensação de maciez na pele, espuma rica e cremosa, além de um toque agradável durante e após o uso.

O trabalho de pesquisa e inteligência ajuda a companhia a se manter sempre à frente das tendências dos consumidores modernos para criar soluções que atendam seus anseios. A Dow realiza testes e análises laboratoriais de formulações para ajudar os clientes a criar o melhor produto. Os ingredientes premium combinados com flexibilidade de formulação ajudam as marcas a se destacarem em aplicações de cuidados pessoais.

Os técnicos especialistas ajudam os clientes a desenvolverem formulações de alto valor que economizem recursos naturais, melhorem os processos de fabricação tornando-os mais limpos e eficientes e se comprometem com as prioridades de sustentabilidade de cada marca.

Quais os cuidados nas áreas de produção para evitar a contaminação, principalmente quanto à separação de áreas e qualidade do ar ambiente?

R: Os operadores de produção de áreas BPB utiliza, EPI’s específicos de forma a evitar contaminação, como luvas, sapato branco, avental, óculos, uniforme limpo, etc. As áreas produtivas possuem portas fechadas e acesso restrito. São realizadas limpezas periódicas da área conforme matriz pré-definida e a mesma é validada por meio de testes microbiológicos.

Quais os procedimentos da empresa para que os colaboradores da área produtiva estejam sempre atualizados quanto às Boas Práticas de Fabricação?  Quais as normas de BP são utilizadas e por qual motivo?

R.: São realizados treinamentos periódicos para todos os operadores de áreas BPF. São seguidas as diretrizes da norma ISO 22176 – Boas Práticas de Fabricação – uma vez que essa é a norma seguida pelos principais clientes.

Quais os principais desafios/problemas que enfrentam a implantação das boas práticas na produção e quais as soluções adotadas?

R.: O maior desafio do programa de BPF é se manter sempre em alerta, buscando a melhoria contínua dos processos. Por esse motivo, é de extrema importância que sejam realizadas auditorias regulares do processo bem como benchmarking com outras empresas que também possuem o programa BPF. Os clientes da Dow realizam auditorias periódicas dos processos como forma de monitoramento de melhoria contínua.

A empresa utiliza consultoria de terceiros nessa área? Qual e por quê?

R.: Consultorias são fornecidas sempre que necessário. Conforme citado anteriormente, nossos processos são auditados periodicamente por nossos principais clientes.

De que forma a Dow está estruturada para se alinhar as suas metas de sustentabilidade? 

R.: Alinhadas às suas Metas de Sustentabilidade para 2025, as formulações desenvolvidas pela Dow para a indústria de cosméticos permitem otimizar recursos, garantir processos de manufatura mais eficientes e limpos, e atender às tendências sustentáveis do mercado. Nesse sentido, a Dow está estrategicamente posicionada para assegurar o desenvolvimento de soluções que permitam novas aplicações ou que aprimorem funcionalidades nesse mercado. Atualmente, 96% dos produtos manufaturados possuem química, o que torna as empresas desse segmento essenciais para a construção de uma sociedade mais sustentável.

Para desenvolver soluções que proporcionem a sustentabilidade econômica, social e ambiental, a Dow utiliza análises de ciclo de vida ao longo da cadeia produtiva, avaliando a produção, formulação, uso, transporte e descarte de seus produtos, de forma a permitir a seus clientes inovar em produtos que enderecem os principais desafios globais.

A estratégia da Dow para a América Latina é um desdobramento das metas globais de sustentabilidade para 2025, em que a empresa busca oportunidades de colaboração para avançar o progresso social e ambiental.

Nesse contexto, a Dow identificou, na América Latina, quatro principais mercados de alto crescimento em que pode colaborar com seus parceiros por meio da ciência e ajudar a construir um futuro melhor. Um desses mercados é o de consumo, acompanhando a tendência de mudança no comportamento do consumidor focada na demanda por uma atuação mais responsável, ética e transparente por parte dos produtos que consomem. Nesse cenário, as marcas têm cada vez mais buscado desenvolver produtos que atendam a estas necessidades e expectativas de seus clientes. Partindo dessa premissa, a Dow mapeou, em conjunto com diversos stakeholders, as principais necessidades do consumidor do futuro. As que identificamos foram: bem-estar, mobilidade, conectividade e praticidade. Diante desse cenário, o objetivo da Dow é prover aos clientes e consumidores finais soluções melhores, mais sustentáveis e produtivas.

Imagens da participação da Dow na in-cosmetics  2017 (protótipos das tendências):