terça-feira , 28 maio 2024
Capa » Notícias » EMS une forças com ONG Gestar para auxiliar mulheres de baixa renda que têm dificuldade para engravidar

EMS une forças com ONG Gestar para auxiliar mulheres de baixa renda que têm dificuldade para engravidar

Farmacêutica reverterá à entidade R 1 por venda de cada caixa do suplemento Neutrofer Folato D; campanha deve mobilizar todo o país

Abril de 2024 – A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, abraça a causa da parentalidade e reprodução assistida por meio de uma parceria inédita com a ONG Gestar. A empresa promove uma ampla campanha nacional, que mobilizará e impactará representantes médicos, profissionais da saúde e pacientes atendidos pela entidade com o objetivo de captar recursos, conscientizar e fortalecer os projetos da instituição, auxiliando ainda mais casais de baixa renda que desejam ser pais e mães, mas enfrentam problemas para ter filhos. 

Até 31 de maio, a cada caixa do produto Neutrofer Folato D (suplemento alimentar que contém nutrientes essenciais para o planejamento e ciclo da gestação) comercializada em qualquer farmácia do país, a companhia reverterá R$ 1 para a organização sem fins lucrativos. A ação é parte da estratégia comercial e de comunicação da unidade de Prescrição da EMS, responsável pelo produto, para gerar consciência de causa e chamar a atenção para a infertilidade, um problema que acomete 17,5% da população adulta no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

“Estamos muito motivados com a parceria por acreditarmos no trabalho da entidade e por entendermos que podemos contribuir com casais que sonham com a gestação. Por isso, vamos colocar mais de 500 colaboradores da nossa força de vendas para divulgar e informar a classe médica sobre os serviços prestados pela Gestar, além de usar nossas redes sociais para divulgar conteúdos sobre a entidade”, informa Joaquim Alves, diretor da Unidade de Prescrição Médica da EMS. 

Infertilidade 

A Organização Mundial da Saúde aponta que cerca de 1 em cada 6 pessoas em todo o mundo sofre de infertilidade, uma condição que afeta mais a população de países de baixa e média renda. No Brasil, estima-se que oito milhões de pessoas possam ser inférteis, de acordo com a Associação Brasileira de Reprodução Assistida. 

De acordo com Cristiane Ortigosa, diretora médica da EMS e ginecologista, as causas da infertilidade são múltiplas e podem ser femininas, masculinas ou de ambos. “Alguns exemplos são alterações do sêmen, obstruções nas trompas e baixa reserva ovariana ou alterações hormonais. A maior parte dessas questões é tratável e, por isso, procurar ajuda é muito importante”. 

Em todos os casos, o suporte de profissionais e a suplementação adequada podem fazer a diferença no período de tentativas para engravidar. “O suplemento conta com L-metilfolato, a forma ativa do ácido fólico, na dosagem recomendada pela Anvisa e pela Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), e ferro elementar na forma de bisglicinato ferroso, além de vitaminas D e E, auxiliando para uma gestação saudável”, acrescenta a especialista. 

ONG Gestar

Fundada em 2020, a entidade auxilia casais com dificuldade para ter filhos, provendo suporte médico, psicológico, jurídico e financeiro às famílias. Por meio dos projetos “Sonho da minha vida” e “Inseminando Vidas”, oferece procedimentos de fertilização in vitro e inseminação artificial gratuitos ou de baixíssimo custo para mulheres de baixa renda que sonham com a gestação, via parceria com clínicas e médicos particulares. “Experimentei na pele a dificuldade de não conseguir engravidar e me deparei com o alto custo dos tratamentos. Hoje sou mãe e me inspirei nesta experiência de vida para criar a Gestar e democratizar o acesso a tratamentos. Mais de 500 famílias já foram impactadas por intermédio de nossos projetos”, afirma Vanessa Jost, presidente da ONG. 

Serviços

ONG Gestar

Site: Link

Instagram: Link

Vídeo institucional: Link

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores