terça-feira , 19 junho 2018
Capa » Feiras » Hospitalar 2018: organização e visitantes falam do sucesso deste ano
Hospitalar 2018: organização e visitantes falam do sucesso deste ano

Hospitalar 2018: organização e visitantes falam do sucesso deste ano

A edição 2018 da Hospitalar, que ocorreu entre os dias 22 a 25 de maio no Expo Center Norte, foi especial para seus visitantes, expositores, profissionais e empresários não apenas pela comemoração dos seus 25 anos de trabalho, mas também pelas impressões positivas e geração de negócios durante o evento.

Um exemplo é a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), que conseguiu números expressivos em sua Rodada de Negócios. A entidade destacou que foram aproximadamente R$ 500 mil em negócios fechados e mais R$ 3 milhões em expectativas para o próximo ano, além disso, 95% das empresas participantes dessa edição já renovaram sua presença para 2019.

O Espaço Reabilitação, também promovido pela ABIMO em parceria com a Hospitalar, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD), fechou sua participação com chave de ouro: em média, cada uma das empresas participantes realizou cerca de 100 contatos, criando expectativas positivas para os próximos meses.

Letícia Baltazar, Business Leader ERM Tazy, pela América Latina, da Philips, também faz essa análise positiva entre o relacionamento das marcas com o público. “A Hospitalar é um momento único no ano em que os clientes podem vir aqui e resolver todas suas demandas na saúde. Esse modelo de feira é imbatível, para clientes que estão em expansão, para clientes que estão começando do zero ou para aqueles que estão com expectativas de compras específicas, aqui podem comparar e comprar”, explica.

Entre os expositores, soluções para gestão médica, como o software Zero Glosa da ZG Soluções, a plataforma Carol da TOTVS e muitas outras novidades tecnológicas puderam ser vistas em primeira mão pelos visitantes da Hospitalar. “Foi um saldo muito bom. Buscamos primeiro posicionar a nossa empresa como produtora de software e destacar alguns produtos nossos, como o nosso carro chefe Zero Glosa, criado em primeira mão há 3 anos. Também fechamos negócios e estabelecemos parcerias aqui na Hospitalar”, afirma Fred Paladino, consultor de marketing da ZG Soluções.

Os resultados em geração de negócio foram possíveis devido à qualificação do público presente, que contou com decisores e compradores das mais diversas áreas e de diferentes países. “O público presente é majoritariamente de compradores, pessoas que vêm para ver o produto e gerar leads, isso não diminuiu nunca. A qualidade das pessoas que passam por aqui continua a mesma”, destaca Fernando Rocha, diretor de compras da Getinge, que bateu sua meta de negócios durante o evento.

Donzis Demian, da empresa argentina Balphin Medicam, foi um dos compradores presentes na Hospitalar. “O Brasil é um país enorme, com muitas possibilidades e opções de produtos e indústrias. O que nos dá a possiblidade, na América Latina, de adquirir produtos com uma qualidade de nível mundial, e isso é algo que nos traz, ano a ano, a continuar visitando a Hospitalar. Este evento é a sede latino-americana dos produtos hospitalares. Este local nos ajuda e facilita a encontrar as empresas brasileiras, o que consideramos um grande benefício para nós como compradores”, destacou.

A enfermeira Daiane Rodrigues, da área de educação do HCor, participou da Hospitalar pela primeira vez este ano. “Vim conhecer as novidades de tecnologia na área para implementar em meus estudos e estou muito impressionado com todas as opções que encontramos aqui”, apontou. A farmacêutica Miriã Carvalho também esteve presente pela primeira vez e aproveitou o momento para fazer contato com fornecedores. “Há muita inovação e soluções em um lugar só. Aqui é uma ótima oportunidade de adquirir conhecimento e fazer novos contatos. Consegui falar com todos os fornecedores que pretendia, todos foram muito atenciosos, me mostrando seus novos produtos. Trocamos contato e vamos nos falar após a feira”, destaca.

Para a organização do evento, a Hospitalar foi um sucesso de público e gerou oportunidade de negócios, destacando-se mesmo em um cenário de crise econômica. Para eles, o setor da saúde se mostrou fortalecido.

Dra. Waleska Santos, fundadora e presidente da Hospitalar falou da sua alegria e emoção ao ver o crescimento do evento. “Esses 25 anos foram coroados por esta edição como a melhor de todas, e essas são palavras de quem visitou a feira. E mesmo com o problema político que vivemos no país, nós nos surpreendemos de ouvir dos expositores e das instituições que este foi o primeiro ano em que eles venderam desde o primeiro dia, um sucesso de negócios. Foi uma edição cheia de homenagens e comemorações. Nós mesmos fizemos uma homenagem às 26 empresas que participam da feira conosco desde a sua primeira edição, tivemos muitos encontros e oportunidades de negócios em todas as áreas”, diz a presidente.

O presidente e CEO da UBM Brazil, Jean-François Quentin, falou sobre a impressão que teve do evento a partir do seu contato com expositores e empresários. “Estamos muito felizes com os resultados desta 25ª edição da Hospitalar. Acredito que fizemos um trabalho muito forte para reposicionar o evento abrangendo setores como tecnologia da informação, facilities, entre outros. De todos os comentários que recebi todos os dias, percebi que os clientes estão muito felizes. Eles encontraram uma boa dinâmica na Hospitalar que reflete a dinâmica do mercado. Vemos que o setor da saúde está se recuperando, e tivemos uma boa percepção disso durante o evento”, afirma.

Rodrigo Moreira, diretor de estratégia da UBM Brazil e diretor da Hospitalar, também comemora o resultado. “Para nós e os nossos parceiros, profissionais e empresários que estiveram presentes na Hospitalar 20018, o cenário foi absolutamente positivo. Esta foi uma semana complexa em todo o Brasil e, apesar desta situação, nós tivemos dias extremamente produtivos, em que as empresas fizeram negócios, abriram novos canais de discussão, conectaram-se com as lideranças do setor, relacionaram-se com diversos profissionais qualificados de todo país e do mundo. Tivemos uma grade de seminários e congressos muito boa, que trouxe a possibilidade das pessoas adquirirem conhecimento e levarem para os seus estabelecimentos e, por consequência, gerar benefícios para aquele que é o centro da nossa atenção: o paciente”, afirmou.

Um exemplo é a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), que conseguiu números expressivos em sua Rodada de Negócios. A entidade destacou que foram aproximadamente R$ 500 mil em negócios fechados e mais R$ 3 milhões em expectativas para o próximo ano, além disso, 95% das empresas participantes dessa edição já renovaram sua presença para 2019.

O Espaço Reabilitação, também promovido pela ABIMO em parceria com a Hospitalar, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD), fechou sua participação com chave de ouro: em média, cada uma das empresas participantes realizou cerca de 100 contatos, criando expectativas positivas para os próximos meses.

Letícia Baltazar, Business Leader ERM Tazy, pela América Latina, da Philips, também faz essa análise positiva entre o relacionamento das marcas com o público. “A Hospitalar é um momento único no ano em que os clientes podem vir aqui e resolver todas suas demandas na saúde. Esse modelo de feira é imbatível, para clientes que estão em expansão, para clientes que estão começando do zero ou para aqueles que estão com expectativas de compras específicas, aqui podem comparar e comprar”, explica.

Entre os expositores, soluções para gestão médica, como o software Zero Glosa da ZG Soluções, a plataforma Carol da TOTVS e muitas outras novidades tecnológicas puderam ser vistas em primeira mão pelos visitantes da Hospitalar. “Foi um saldo muito bom. Buscamos primeiro posicionar a nossa empresa como produtora de software e destacar alguns produtos nossos, como o nosso carro chefe Zero Glosa, criado em primeira mão há 3 anos. Também fechamos negócios e estabelecemos parcerias aqui na Hospitalar”, afirma Fred Paladino, consultor de marketing da ZG Soluções.

Os resultados em geração de negócio foram possíveis devido à qualificação do público presente, que contou com decisores e compradores das mais diversas áreas e de diferentes países. “O público presente é majoritariamente de compradores, pessoas que vêm para ver o produto e gerar leads, isso não diminuiu nunca. A qualidade das pessoas que passam por aqui continua a mesma”, destaca Fernando Rocha, diretor de compras da Getinge, que bateu sua meta de negócios durante o evento.

Donzis Demian, da empresa argentina Balphin Medicam, foi um dos compradores presentes na Hospitalar. “O Brasil é um país enorme, com muitas possibilidades e opções de produtos e indústrias. O que nos dá a possiblidade, na América Latina, de adquirir produtos com uma qualidade de nível mundial, e isso é algo que nos traz, ano a ano, a continuar visitando a Hospitalar. Este evento é a sede latino-americana dos produtos hospitalares. Este local nos ajuda e facilita a encontrar as empresas brasileiras, o que consideramos um grande benefício para nós como compradores”, destacou.

A enfermeira Daiane Rodrigues, da área de educação do HCor, participou da Hospitalar pela primeira vez este ano. “Vim conhecer as novidades de tecnologia na área para implementar em meus estudos e estou muito impressionado com todas as opções que encontramos aqui”, apontou. A farmacêutica Miriã Carvalho também esteve presente pela primeira vez e aproveitou o momento para fazer contato com fornecedores. “Há muita inovação e soluções em um lugar só. Aqui é uma ótima oportunidade de adquirir conhecimento e fazer novos contatos. Consegui falar com todos os fornecedores que pretendia, todos foram muito atenciosos, me mostrando seus novos produtos. Trocamos contato e vamos nos falar após a feira”, destaca.

Para a organização do evento, a Hospitalar foi um sucesso de público e gerou oportunidade de negócios, destacando-se mesmo em um cenário de crise econômica. Para eles, o setor da saúde se mostrou fortalecido.

Dra. Waleska Santos, fundadora e presidente da Hospitalar falou da sua alegria e emoção ao ver o crescimento do evento. “Esses 25 anos foram coroados por esta edição como a melhor de todas, e essas são palavras de quem visitou a feira. E mesmo com o problema político que vivemos no país, nós nos surpreendemos de ouvir dos expositores e das instituições que este foi o primeiro ano em que eles venderam desde o primeiro dia, um sucesso de negócios. Foi uma edição cheia de homenagens e comemorações. Nós mesmos fizemos uma homenagem às 26 empresas que participam da feira conosco desde a sua primeira edição, tivemos muitos encontros e oportunidades de negócios em todas as áreas”, diz a presidente.

O presidente e CEO da UBM Brazil, Jean-François Quentin, falou sobre a impressão que teve do evento a partir do seu contato com expositores e empresários. “Estamos muito felizes com os resultados desta 25ª edição da Hospitalar. Acredito que fizemos um trabalho muito forte para reposicionar o evento abrangendo setores como tecnologia da informação, facilities, entre outros. De todos os comentários que recebi todos os dias, percebi que os clientes estão muito felizes. Eles encontraram uma boa dinâmica na Hospitalar que reflete a dinâmica do mercado. Vemos que o setor da saúde está se recuperando, e tivemos uma boa percepção disso durante o evento”, afirma.

Rodrigo Moreira, diretor de estratégia da UBM Brazil e diretor da Hospitalar, também comemora o resultado. “Para nós e os nossos parceiros, profissionais e empresários que estiveram presentes na Hospitalar 20018, o cenário foi absolutamente positivo. Esta foi uma semana complexa em todo o Brasil e, apesar desta situação, nós tivemos dias extremamente produtivos, em que as empresas fizeram negócios, abriram novos canais de discussão, conectaram-se com as lideranças do setor, relacionaram-se com diversos profissionais qualificados de todo país e do mundo. Tivemos uma grade de seminários e congressos muito boa, que trouxe a possibilidade das pessoas adquirirem conhecimento e levarem para os seus estabelecimentos e, por consequência, gerar benefícios para aquele que é o centro da nossa atenção: o paciente”, afirmou.

Fonte: Hospitalar

 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*