quinta-feira , 22 fevereiro 2024
Capa » Indústria farmacêutica - saúde humana » União Química chega com linha de medicamentos na África e na Ásia

União Química chega com linha de medicamentos na África e na Ásia

Anticoncepcionais da União Química, um dos mais vendidos no Brasil, chega em novos continentes. Além de hormônios, a farmacêutica é a primeira brasileira a exportar antipsicótico injetável para Hong Kong.

A população africana terá acesso a novos contraceptivos, de origem brasileira. Em conformidade com o seu plano de crescimento por meio da internacionalização, a União Química, farmacêutica multinacional brasileira, dá início a nova operação de venda no Cabo Verde, continente Africano. Para isso, a empresa firmou uma parceria estratégica com uma empresa europeia que possui acordos em diversos países da África.

“Este é mais um passo importante no nosso processo de consolidação da estratégia de internacionalização em países na América do Sul, América Central, Ásia e África e Oriente Médio. É um projeto que busca levar o nome da União Química a todas as partes do globo, tornando conhecidas nossas marcas próprias e aquisições em todos os continentes”, explica Fernando de Castro Marques, presidente da União Química.

Inicialmente a União Química enviará milhares de unidades do contraceptivo Ciclo 21, um dos mais vendidos no Brasil. “O objetivo é que em 1 ano seja triplicado esse número”, afirma Marques, lembrando que as vendas serão feitas para os setores público e privado.

A União Química exporta para Moçambique, desde 2020, via parceiro local que já comercializa um extenso portfólio de produtos União Química, incluindo o anticoncepcional Ciclo 21.

Com a internacionalização, a União Química também passa a fornecer o antipsicótico injetável Decan Haloper (haloperidol) para Hong Kong e Macau. “Somos a primeira farmacêutica brasileira a exportar esse antipsicótico para Hong Kong. O desafio foi grande e estamos muito orgulhosos! Foi um trabalho em equipe no qual diversas áreas da empresa foram envolvidas e fazem parte dessa conquista. Temos a certeza de que esse é o ponto de partida para um abastecimento regular no local e, também, para entrarmos em novos mercados na Ásia”, relata João Pedro Rangel Neves, diretor de Exportação.

A parceria para distribuição dos medicamentos é de 5 anos com a empresa de grande prestígio no mercado farmacêutico de Hong Kong.

O medicamento é indicado para tratamento de manutenção de pacientes psicóticos estabilizados, faz parte da ampla linha hospitalar da União Química, uma das mais completas do mercado nacional.

Quanto aos orçamentos da saúde de Hong Kong, eles equivalem a 6,5% do GDP (Produto Interno Bruto), um dos maiores da Ásia. Com 43 hospitais públicos e 12 privados que tem a expectativa de receber os medicamentos com a nova parceria, ampliando acesso aos produtos hospitalares da União Química. Hong Kong tem a maior expectativa de vida do mundo e o mais importante, HK registrou uma taxa de 57% de crescimento (quase 1 bilhão de USD) em valor de produtos importados e esses números só tendem a crescer mais ainda.

União Química que é líder em oftalmologia no Brasil leva seu segmento de produtos de última geração ao Paraguai

Através de sua unidade de negócio Genom, farmacêutica é o primeiro laboratório brasileiro a levar linha oftalmológica ao país Sul-Americano

A União Química, farmacêutica multinacional brasileira com 87 anos de história, assina acordo de licenciamento da linha completa de produtos oftalmológicos no Paraguai. É o primeiro laboratório brasileiro a levar os medicamentos dessa classe terapêutica com exclusividade para um país da América do Sul. O objetivo será fortalecer a liderança no continente por meio da unidade de negócios Genom, líder no mercado brasileiro.

De acordo com Fernando de Castro Marques, presidente de União Química, a entrada no Paraguai marca o início de um plano mais robusto da empresa. “Este é mais um passo no nosso processo de consolidação seguindo nossa estratégia de internacionalização da farmacêutica em países na América do Sul, Ásia, África”, afirma.

No país, os produtos oftalmológicos da União Química terão a mesma premissa dos comercializados no Brasil, a inovação.

“Nosso compromisso é levar a evolução e um portfólio completo de inovações para um maior número de pessoas. Nosso time de especialistas desenvolvem os produtos visando modernidade, qualidade e segurança para contribuir com a saúde e bem-estar de todos”, reforça Marques.

Operações no Paraguai

A União Química já atua na América Latina como líder no mercado de contraceptivos hormonais orais. A empresa possui equipamentos inovadores que possibilitam a produção segura, sustentável e eficiente de mais de 70 milhões de blísteres de produtos hormonais por ano, como contraceptivos e medicamentos de reposição hormonal feminino e masculino, os quais são enviados para mais de 30 países, incluindo Argentina, México e Colômbia na América do Sul, além de alguns países na África, reforçando, assim, sua estratégia de expansão internacional.

Sobre a União Química

O Grupo União Química se posiciona entre as maiores indústrias farmacêuticas brasileiras, com crescimento de mais de dois dígitos ao ano, nos últimos cinco anos. A estrutura está definida em cinco unidades de negócios: Farma (OTCs, Marcas e Genéricos), Genom (Prescrição Médica), Hospitalar (Hospitais Públicos e Privados), Agener Saúde Animal e Terceirização para grandes empresas nacionais e multinacionais.

Além disso, a empresa possui um dos maiores complexos industriais do mercado farmacêutico, com nove plantas e um centro de distribuição que atendem com excelência às normas nacionais e internacionais de produção e distribuição de medicamentos. A fábrica Bthek (DF) se dedica à pesquisa, desenvolvimento e comercialização de medicamentos biotecnológicos. A biotecnologia faz parte do presente e do futuro do Grupo União Química

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores