domingo , 16 junho 2024
Capa » Home » Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Foto: Hedeson Alves/TECPAR

Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução

Iniciada em maio de 2023, a obra do novo Laboratório de Pesquisa e Produção de Insumos para Diagnósticos Veterinários do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) encerrou 2023 com 15% de execução.

A nova planta fabricará insumos para o diagnóstico da brucelose, tuberculose e leucose bovina. O investimento para a construção da planta, feito pelo Governo do Estado, é de R$ 41,5 milhões.
A nova unidade está sendo construída no câmpus CIC do Tecpar, em Curitiba, e tem previsão de ser concluída no início de 2025. A área total do laboratório será de cerca de três mil metros quadrados e a projeção é que, quando pronta, a unidade tenha capacidade produtiva de 40 milhões de doses ao ano.

A conclusão de um laboratório para pesquisa e produção de insumos para diagnósticos veterinários é uma das metas do Plano de Governo para o instituto, destaca o diretor-presidente do Tecpar, Celso Kloss. Os kits diagnósticos atenderão o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCEBT), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“Com a implantação dessa nova unidade, o Tecpar reforça sua atuação como braço de pesquisa e desenvolvimento no Estado e apoia a cadeia produtiva do agronegócio brasileiro. O instituto está determinado a atender os objetivos definidos pelo Governo do Estado”, salienta.

Ao todo, sete insumos veterinários serão produzidos pelo Tecpar: tuberculina PPD bovina, tuberculina PPD aviária, antígeno acidificado tamponado (AAT), prova lenta (PL) em tubos, anel do leite Ring Test (RT), kit para diagnóstico da brucelose ovina e kit para diagnóstico da leucose bovina.

TECNOLOGIA – O Tecpar é primeira instituição do Estado a usar a ferramenta BIM (Building InformationModeling ou Modelagem de Informação da Construção, em português) para a execução de uma planta farmacêutica de produção complexa.

O BIM é uma metodologia que permite a criação de projetos inteligentes a partir da simulação e construção virtual de empreendimentos, para garantir mais assertividade na execução de obras ao simular diferentes soluções e corrigir possíveis erros.

RECURSOS – Os recursos para a construção da planta são oriundos do Fundo Paraná de fomento científico e tecnológico administrado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para o financiamento de projetos em áreas estratégicas do Paraná.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores