sexta-feira , 23 fevereiro 2024
Capa » Notícias » Mulheres na Ciência: pesquisadoras falam sobre a carreira e incentivam novas gerações de cientistas
Mulheres na Ciência: pesquisadoras falam sobre a carreira e incentivam novas gerações de cientistas
Cientistas do time de pesquisa e desenvolvimento da Nortec Química. Crédito: Dilvulgação

Mulheres na Ciência: pesquisadoras falam sobre a carreira e incentivam novas gerações de cientistas

Cientistas da Nortec Química comentam como é investir na carreira e a importância de incentivar as novas gerações a ocupar mais lugares no setor

Dados da Unesco apontam que 33,3% dos cientistas e pesquisadores do mundo são mulheres e aproximadamente 30% escolhem a carreira em áreas como ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM, na sigla em inglês). Este é um número baixo e tem servido de alerta para as Nações Unidas e a própria Unesco, que instituiu, desde 2016, o 11 de fevereiro como o Dia Internacional das Mulheres e Meninas nas Ciências.

Acima desta média – e crescendo cada vez mais – o setor de Pesquisa e Desenvolvimento da Nortec Química, maior fabricante de insumos farmacêuticos ativos da América Latina, conta com 43% do seu quadro formado por mulheres, que nesta data compartilham um pouco da experiência, inspirações e dificuldades da carreira no Brasil.

Silvia Muniz, bacharel em química desde 2013, menciona o tema dos investimentos e da falta de espaço para as mulheres neste segmento. “Superar a invisibilidade das mulheres é um desafio diário. Somos a maioria da população brasileira, mas temos pouca representatividade. Por isso, sou a favor de uma transformação social para nos tornarmos cada vez mais protagonistas”, pontua. Embora reconheça que ainda existe um longo caminho a ser trilhado, principalmente na ciência, a profissional enxerga avanços no ramo. “Nossa participação vem aumentando em diferentes áreas, especialmente na ciência, focada na pesquisa e desenvolvimento”, conclui.

Elaine Oliveira, formada em química desde 2013 e mestre na área de alimentos, com ênfase em química analítica em 2016, também acredita que a profissão enfrenta barreiras, principalmente no Brasil. “Fazer ciência no País é bem difícil, temos a desinformação sendo propagada diariamente e pouco incentivos monetários e psicológico para os estudantes da área, que precisam trabalhar 50 horas semanais, muitas vezes com uma remuneração abaixo do mercado”, opina a profissional, que levanta também a falta de investimentos nas universidades e institutos de educação.

Para as profissionais, na contramão deste cenário, está a força de vontade de se destacar no mercado e fazer a diferença na sociedade, além de empresas que acreditam no potencial das mulheres na ciência. “Muitas empresas possuem programas de incentivo para motivar as próximas gerações de pesquisadoras a criarem e inovarem, apesar dos desafios impostos pelo mercado. Isso faz toda a diferença para a geração que está se formando agora e que carregam o futuro nas mãos”, comenta a pesquisadora da Nortec Química.

Para quem deseja investir na ciência, Joseane Alves, doutora em química na Nortec Química, incentiva. “Toda mulher deve seguir o seu sonho e sua vocação independente dos desafios e obstáculos encontrados no caminho. A carreira científica é desafiadora, demanda muito tempo de dedicação e estudos contínuos. Embora seja uma área dominada pela figura masculina, a cada dia, mais mulheres conquistam este campo e desenvolvem trabalhos com alto nível de conhecimento e relevância para o país”, finaliza.

Sobre a Nortec Química     

A Nortec Química é a maior fabricante de Insumos Farmacêuticos Ativos (IFAs) da América Latina, investindo em Tecnologia, Pesquisa e Desenvolvimento e Inovação em seus processos. A Companhia é a única produtora de Benznidazol no Brasil, IFA utilizado no tratamento da Doença de Chagas e é a maior produtora de Antirretrovirais do Ocidente. A relevância da Nortec Química no cenário mundial permanece com o aumento da capacidade produtiva e na atuação em P&D com o projeto de instalação da Primeira Planta para Drogas de Alta Potência, contribuindo com soluções tecnológicas para a melhoria do bem-estar, da vida e da saúde das pessoas. A empresa foi fundada na década de 80 em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.   

  

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores