quarta-feira , 19 fevereiro 2020
Capa » Notícias » Estudo aponta alternativas capazes de reduzir episódios de hipoglicemia em pacientes com Diabetes Tipo 1 e 2

Estudo aponta alternativas capazes de reduzir episódios de hipoglicemia em pacientes com Diabetes Tipo 1 e 2

Tresiba® reduz o risco de hipoglicemia em estudo de vida real.

São Paulo, maio de 2019 – A hipoglicemia é caracterizada por níveis baixos de açúcar no sangue e é reconhecidamente um problema no tratamento do diabetes mellitus tipo 1 (DM1) e tipo 2 (DM2). Novos dados foram apresentados no último dia 8 de março, no Diabetes UK Professional (DUK) 2019, em Liverpool (Reino Unido), sobre o estudo  ReFLeCT1,2. Trata-se de um estudo de vida real em sete países europeus, que avaliou 1.177 pacientes por um ano. Os achados demonstraram que pacientes com DM1 e DM2 que trocaram suas insulinas basais por um tipo diferente, a insulina degludeca, comercialmente chamada Tresiba®, tiveram um melhor controle glicêmico com redução significativa nas taxas de hipoglicemias1,2.

Os cientistas selecionaram 566 pacientes com Diabetes Tipo 1 e 611 com Diabetes Tipo 2 e os acompanharam por 12 meses, coletando dados quatro meses antes da mudança de insulina e por mais um ano após passarem a utilizar a insulina degludeca. O resultado foi positivo para as duas variações da doença, com uma redução adicional da hemoglobina glicada e da glicemia de jejum, tanto nos pacientes com DM1 quanto com DM21,2. Observou-se redução significativa de hipoglicemias gerais, noturnas e graves, dado também já observado de forma consistente em estudos prévios3-8.

Além disso, o estudo ainda analisou o nível de satisfação com o tratamento dos pacientes que passaram a utilizar a insulina degludeca em comparação ao tratamento anterior. A conclusão foi de que tanto pacientes DM1 quanto DM2 relataram um aumento significativo no score de satisfação com o tratamento1,2, com base no questionário DTSQ-s. A sigla, que significa Diabetes Treatment Satisfaction Questionnaire, representa uma sistemática de avaliação do tratamento que é aplicada desde os anos 80 em estudos clínicos e até mesmo na avaliação dos pacientes pelos seus médicos. Esse efeito identificado se deve tanto à efetividade de controle glicêmico dessa terapia quanto à redução no número de episódios de hipoglicemia.

“O estudo ReFLeCT é importante porque reúne dados do dia a dia que mostram como a insulina degludeca pode ajudar as pessoas a alcançarem o equilíbrio glicêmico. Ao apresentarmos uma alternativa de insulina basal que controla as altas concentrações de glicemia do diabetes, mas que também evita episódios desconfortáveis e potencialmente nocivos de hipo, estamos fornecendo uma ferramenta valiosa para o conforto desses pacientes”, pontua Marília Fonseca, gerente médica da Novo Nordisk, empresa global de saúde com 95 anos de inovação e liderança no tratamento do diabetes.

Sobre ReFLeCT

ReFLeCT (Results From Real-World Clinical Treatment with Tresiba®) é o primeiro estudo de longo prazo, observacional e baseado em evidências de vida real a examinar a segurança e efetividade de Tresiba® aplicado ao tratamento clínico em pessoas com Diabetes Tipo 1 (n=566) ou Tipo 2 (n=611) cujos médicos trocaram suas insulinas basais pela degludeca. O estudo empírico incluiu um baseline de 4 semanas antes da troca de insulina basal, seguida por um período de observação de 12 meses durante o qual os participantes foram estudados durante o tratamento com Tresiba®. O desfecho primário era a mudança no número de episódios de hipoglicemia, registrados nos diários dos pacientes. O estudo foi conduzido em sete países europeus: Dinamarca, Países Baixos, Espanha, Suécia, Suíça, Itália e Reino Unido. Clinicaltrials.gov: NCT02392117.

Sobre Tresiba®

Tresiba® (insulina degludeca) é uma insulina basal de uso diário, com duração de mais de 42 horas, que permite a redução da glicose de forma plana e estável 4 ,5 , fornecendo baixa variabilidade no dia-a-dia e um menor risco de hipoglicemia geral, noturna e grave em comparação a insulina glargina U100.1,2 Em ocasiões em que a administração na mesma hora do dia não é possível, Tresiba® permite flexibilidade com o mínimo de oito horas entre as injeções.2 Tresiba® recebeu sua primeira aprovação regulatória em setembro de 2012 e, desde então, foi aprovada em mais de 80 países em todo o mundo. No Brasil, Tresiba® está disponível para pessoas com diabetes tipo 2 desde 2014 e, desde 2016, para crianças com diabetes tipo 1 a partir de um ano de idade.

Sobre a Novo Nordisk

A Novo Nordisk é uma empresa global de saúde com 95 anos de inovação e liderança no tratamento do diabetes. Sua trajetória deu à companhia a experiência e a capacidade necessárias para ajudar pessoas a vencer a obesidade, a hemofilia, os distúrbios do crescimento e outras doenças crônicas sérias. Sediada na Dinamarca, a Novo Nordisk emprega aproximadamente 43.200 pessoas em 80 países e comercializa seus produtos em mais de 170 mercados. No Brasil há mais de 25 anos, a Novo Nordisk emprega no país cerca de 1.300 funcionários, contando com o escritório administrativo em São Paulo-SP, dois centros de distribuição no Paraná e uma fábrica em Montes Claros-MG. Para mais informações, visite www.novonordisk.com.br, Facebook, Twitter, LinkedIn, YouTube.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores