quinta-feira , 22 fevereiro 2024
Capa » Notícias » Daiichi Sankyo prepara entrada para o mercado de doenças raras brasileiro

Daiichi Sankyo prepara entrada para o mercado de doenças raras brasileiro

Estreia marca novo cenário de tratamento da esclerose lateral amiotrófica (ELA)

A companhia farmacêutica global com origem corporativa no Japão Daiichi Sankyo anunciou que está investindo em soluções para doenças raras – aquelas que atingem menos de 65 pessoas em cada grupo de cem mil (1). A empresa fará sua entrada por meio do lançamento de um medicamento para o tratamento da esclerose lateral amiotrófica, também conhecida como ELA.

A esclerose lateral amiotrófica é uma doença neurológica sem cura, que degenera progressivamente os neurônios motores presentes no cérebro e na medula espinhal e faz com que as mensagens não sejam mais enviadas aos músculos, levando ao enfraquecimento dos músculos, aparecimento de contrações musculares e atrofia. A perda da capacidade funcional faz com que os pacientes, além de perderem o controle sobre os movimentos voluntários, tenham problemas em atividades como a fala, a mastigação e a respiração (2). De acordo com o Ministério da Saúde, apenas cerca de 25% dos pacientes sobrevivem por mais de cinco anos após o diagnóstico da doença (1).

“A Daiichi Sankyo está comprometida em buscar soluções para as necessidades não atendidas das pessoas, como aquelas que têm ELA, que, há quase três décadas, não têm novas alternativas de tratamento no Brasil. O cenário é desafiador, mas, com nossa excelência em Pesquisa e Desenvolvimento, queremos renovar a esperança dos pacientes com doenças raras, proporcionando mais saúde e qualidade de vida”, afirma Gabriela Prior, diretora médica da Daiichi Sankyo Brasil.

Edaravona, o princípio ativo do medicamento em questão, tem o efeito de eliminar os radicais livres que aumentam na ELA, protegendo os neurônios motores do stress oxidativo e retardando o declínio da força muscular e o progresso da atrofia muscular (3). Até então, o medicamento já foi aprovado para a mesma indicação nos Estados Unidos (4), Japão, Coreia do Sul, Canadá, Suíça e China.

Sobre a Daiichi Sankyo

A Daiichi Sankyo, companhia farmacêutica global com origem corporativa no Japão, dedica-se à criação e fornecimento de produtos farmacêuticos e serviços em 26 países para suprir as diversas necessidades médicas, tanto em mercados desenvolvidos quanto em desenvolvimento. Com mais de 16.000 colaboradores ao redor do mundo e mais de 100 anos de expertise científica, a companhia baseia-se em um rico legado de inovação e um pipeline robusto de novos medicamentos promissores para ajudar os pacientes. Enquanto mantém seu portfólio de produtos farmacêuticos nas áreas cardiovascular, psiquiatria, hipertensão,

gastroenterologia, ortopedia, inflamação e dor; o grupo está engajado no desenvolvimento de terapias inovadoras nas áreas metabólicas, cardiovasculares e em oncologia. Para mais informações, visite: www.daiichisankyo.com.br

Referências:

  1. Ministério da Saúde. Esclerose Lateral Amiotrófica. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/e/ela Acesso em: 9 nov 2023.
  2. National Institute of Neurological Disorders and Stroke. Amyotrophic Lateral Sclerosis (ALS). Disponível em: https://www.ninds.nih.gov/health-information/disorders/amyotrophic-lateral-sclerosis-als Acesso em: 9 nov 2023.
  3. Bula do produto
  4. Food & Drug Administration (FDA). [Internet] FDA approves drug to treat ALS. Disponível em: https://www.fda.gov/news-events/press-announcements/fda-approves-drug-treat-als. Acesso em: 12 dez 2023.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores