domingo , 5 julho 2020
Capa » HVAC-R » Como modernizar a indústria de vacinas sem interromper a produção

Como modernizar a indústria de vacinas sem interromper a produção

Aggreko conta com soluções de refrigeração rápidas e eficientes que permitem a troca de equipamento sem parada de fábrica.

São Paulo, dezembro de 2019. A produção contínua de vacinas é uma questão de saúde pública no Brasil, principalmente para os laboratórios que contam com uma grande participação no mercado nacional e internacional. A parada no processo fabril não é uma alternativa viável, mesmo para aquele laboratório que necessita modernizar sua linha e substituir um equipamento de central de água gelada por um novo com menor consumo.

Como lidar com esse desafio, sem causar desabastecimento, tanto no mercado interno brasileiro quanto externo, uma vez que ao atingir uma cadeia sincronizada de fornecedores a normalização do fornecimento poderia levar meses?

O problema foi resolvido pela Aggreko, líder global no fornecimento de energia modular móvel, controle de temperatura e serviços. Com uma equipe altamente capacitada e elevado padrão de qualidade, a empresa ofereceu uma solução rápida e eficiente que permitisse a troca do equipamento e a realização das adaptações das tubulações hidráulicas, sem interromper a produção. “Instalamos uma central de água gelada, composta por chillers, bombas de água, mangotes flexíveis, cabos elétricos, transformadores, painéis elétricos e demais acessórios hidráulicos”, explica Mauro Regra, Gerente de Rental da Aggreko.

Os chillers garantem o fornecimento de água gelada para o sistema de ar condicionado nas salas de produção, controlando temperatura, umidade e pressão em todas as etapas da fabricação das vacinas. “Essas medidas são essenciais, pois são altos os níveis de exigência de pureza do ar durante a produção de vacinas, semelhantes aos das indústrias farmacêuticas”, destaca Mauro Regra.

De acordo com o gerente, o mais importante é que foi possível manter a produção de vacinas essenciais – como contra a febre amarela, poliomielite ou meningite – em níveis de volume e qualidade adequados, respeitando o cronograma de entregas e evitando multas contratuais e outros prejuízos financeiros. “Sem falar dos benefícios à população, que não teve o fornecimento dessas vacinas comprometido, seja no mercado interno ou nos países que importam as vacinas do Brasil”, finaliza Mauro Regra.

Sobre a Aggreko

A Aggreko é líder global no fornecimento de energia modular móvel, controle de temperatura e serviços de energia. A empresa atua na vanguarda de um mercado em rápida transformação e é voltada a resolver os desafios de seus clientes para fornecer soluções econômicas, flexíveis e mais ecológicas em todo o mundo.

Por meio da inovação, fornece equipamentos portáteis para diversos usos, o que mantém o alcance global da companhia. Oferece soluções tanto para projetos industriais e comerciais exclusivos, como para serviços públicos e de ajuda humanitária. Leva expertise e equipamentos para qualquer local, das cidades mais movimentadas aos lugares mais remotos do planeta.

Atende, principalmente, os setores de Petróleo e Gás, Manufatura, Mineração, Petroquímica e Refino, Serviços Comerciais, Construção, Eventos e Serviços. Os equipamentos Aggreko têm máxima flexibilidade de combustível, usando fontes renováveis e gás e diesel (incluindo HFO). A empresa também oferece soluções de microgrid e de armazenamento.

Constantemente, trabalha no desenvolvimento de ferramentas que ajudam os clientes a se adaptarem à transição das fontes energéticas pela qual o mundo passa. O que torna a Aggreko única é seu conhecimento, experiência e valores, colocando seus clientes em primeiro lugar e entregando inovação e equipamentos menores, mais eficientes e com mais agilidade.

Fundada em 1962 e com sede na Escócia, a Aggreko passou de uma pequena empresa local para uma companhia mundial líder em energia. Com mais de 7.300 funcionários, opera em cerca de 100 países. Em 2018, sua receita foi de aproximadamente 1,8 bilhão de libras esterlinas (2,2 bilhões de dólares ou 2 bilhões de euros), estando listada na Bolsa de Valores de Londres (AGK.L).

 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores