sexta-feira , 18 outubro 2019
Capa » Mercado & Negócios » Siemens Digital Industries Software tem nova sede em São Caetano do Sul
Siemens Digital Industries Software tem nova sede em São Caetano do Sul

Siemens Digital Industries Software tem nova sede em São Caetano do Sul

Com o conceito de Smart Office, o novo endereço da empresa permitirá a adoção de um local de trabalho mais moderno, flexível e colaborativo com estações de trabalho e ambientes compartilhados, permitindo maior integração entre as áreas interessadas.

A Siemens Digital Industries Software, uma das líderes mundiais em soluções de digitalização para o mercado, acaba de se mudar para um novo endereço. Mais moderno e com conceitos que alinham o pilar de inovação da empresa com o espaço de trabalho, o novo escritório que fica no coração da cidade de São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, tem ambiente criativo e disruptivo, afim de aumentar a interação e gerar mais colaboração entre as pessoas.

“A localização é melhor para a mobilidade das pessoas, mais atraente na arquitetura. Neste novo escritório teremos espaço para convenções e será muito mais confortável para receber nossos clientes e parceiros. Queremos manter o investimento histórico em São Caetano e, ao mesmo tempo, ser mais atrativos para novos colaboradores”, diz Paulo Leal Costa – Country Manager e Sr VP de Vendas.

O novo escritório da Siemens foi concebido no conceito de Smart Office que permitirá a adoção de um ambiente de trabalho mais moderno, flexível e colaborativo com estações de trabalho e ambientes compartilhados, permitindo maior integração entre as áreas interessadas. Além da modernidade do novo prédio que inclusive tem certificação verde, o novo endereço tem fácil acesso e contra fluxo de trânsito, facilitando a vida dos funcionários e visitantes da empresa.

A Siemens apresenta um crescimento constante acima de dois dígitos nos últimos anos, em 2018 a ordem foi de 20%, ano em que foram contratadas 54 pessoas. “As empresas/indústrias já perceberam a necessidade em investimento em digitalização, mesmo que em ambiente de crise, para manter um controle de custo futuro e competitividade frente aos mercados externos”, diz Costa. O ano fiscal da companhia encerra em setembro e os resultados do exercício em 2019 serão divulgados em outubro.

“Temos percebido que todas as indústrias de variados segmentos têm buscado por soluções de tecnologia que possam suportar a transição do modo atual para um cenário extremamente competitivo, com redução de custos e aumento de qualidade de seus produtos, visando alcançar os conceitos da Indústria 4.0”, acrescenta.

Segundo Paulo, as indústrias discretas são as mais pressionadas por competitividade, nelas, a Siemens trabalha muito na indústria automotiva, máquinas industriais e máquinas pesadas. “A indústria de processo está acelerando a adoção de tecnologias digitais, para nós neste momento é o segmento que mais cresce. Mas isso não quer dizer que não atuamos em outros segmentos, estamos presentes fortemente no segmento aeroespacial, varejo e consumo, energia, mineração etc. Todos segmentos estão sendo pressionados por mais competitividade de forma diferente e com políticas diferentes, mas todos com o mesmo objetivo de alcançar melhores patamares dentro da Digitalização e Indútria 4.0”.

Um dos destaques da Siemens em 2019 foi o anúncio do Xcelerator, um portfólio integrado de software, serviços e plataforma de desenvolvimento de aplicativos que pode ser personalizado e adaptado para atender às necessidades específicas do cliente e do setor, ajudando empresas de todos os portes a se tornarem empresas digitais.

Ainda este ano, a Siemens lançou o Opcenter, uma nova proposta em estado da arte na engenharia digital de manufatura. “Nós queremos auxiliar a indústria nacional a se tornar mais competitiva em nível global, independentemente do tamanho do cliente. A Siemens molda suas ofertas para um mercado heterogênico, volátil, mas com muito potencial. Temos muitos casos de clientes que começaram a jornada rumo a Industria 4.0 conosco e se consolidaram como referência em seus segmentos. Pretendemos continuar e acelerar para ainda mais indústrias, mercados e regiões”, diz Paulo Leal Costa.

A Siemens PLM agora é Siemens Digital Industries Software

A Siemens anunciou na semana passada que agora se chama Siemens Digital Industries Software, uma mudança que reflete o crescimento do ecossistema da empresa e o portfólio de soluções, aplicativos, ferramentas e serviços que aceleram a transformação digital em organizações do mundo todo.

A antiga nomenclatura, Siemens PLM, fazia alusão ao seu carro-chefe, o software de Gerenciamento do Ciclo de Vida do Produto, em inglês Product Lifecycle Management (PLM). Com a construção e aquisição de uma ampla gama de tecnologias que expandiram significativamente seu portfólio além do PLM, a companhia buscou uma nova nomenclatura que refletisse melhor a sua oferta ao cliente. Embora tenha ampliado seu portfólio, a Siemens ainda é considerada líder no seguimento de software PLM.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores