domingo , 19 maio 2024
Capa » Biotecnologia » Biomm fecha trimestre com lucro bruto 82% acima do mesmo período do ano passado
Biomm fecha trimestre com lucro bruto 82% acima do mesmo período do ano passado
(2a+ Canva)

Biomm fecha trimestre com lucro bruto 82% acima do mesmo período do ano passado

Companhia segue com expansão de portfólio

São Paulo, novembro de 2023 – A Biomm, empresa pioneira no setor de biomedicamentos no Brasil, registrou crescimento de 82% (R$ 8,1 milhões) do lucro bruto no 3T23 em comparação ao 3T22, em razão do aumento de volume de vendas com a substituição do mercado de insulina humana pela insulina glargina e redução do custo médio de aquisição de produtos vendidos.

A receita líquida apresentou um aumento de 7,8% no 3T23 em comparação com o mesmo período de 2022, alcançando R$ 33,1 milhões. O aumento está relacionado ao maior volume de venda nos períodos, além do incremento de preço de venda do Herzuma e variação do mix de produtos vendidos.

Na franquia de oncologia, o volume comercializado no 3T23 da marca Herzuma cresceu 81% e, em diabetes, o incremento de vendas foi de 25%, alavancado pelo Glargilin, ambas comparações versus o 3T22. Já o antitrombótico Ghemaxan teve redução de 29% nas vendas na mesma base de comparação.

“Seguimos buscando a consolidação do nosso portfólio com terapias avançadas que contribuam para a promoção da saúde e ampliação da oferta de biomedicamentos. a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, recentemente, a certificação de boas práticas de fabricação da Bio-Thera Solutions, responsável pela fabricação do medicamento oncológico Bevacizumabe, que será distribuído com exclusividade pela Biomm no Brasil”, explica Heraldo Marchezini, CEO da Biomm. 

No 3T23, as despesas gerais e administrativas somadas com despesas de vendas e outras despesas, somaram R$ 27,9 milhões contra R$ 28 milhões no mesmo período de 2022, representando uma redução de 0,3%. A queda das despesas é resultado, principalmente, da redução das perdas de medicamentos por avarias e validade ocorrido em 2022, compensado pelo aumento em despesas de marketing e propaganda no período.

Em relação ao EBITDA do 3T23, o resultado foi negativo em R$ 17,1 milhões, ante R$ 20,5 milhões no 3T22. A variação é explicada pelo aumento da receita líquida em razão do maior volume de vendas e substituição de mercado do Wosulin pelo Glargilin; redução do custo médio de aquisição de produtos; e queda das despesas operacionais da companhia.

Produção de biomedicamentos no Brasil

A Biomm concluiu o processo de validação e certificação da fábrica em Nova Lima (MG), destinada à produção e comercialização de medicamentos biológicos junto à Anvisa. A conclusão deste processo permite que as atividades de fabricação do produto acabado para comercialização no território nacional sejam iniciadas.

A companhia finalizou a produção dos três lotes sequenciais de Glargilin, atestando a robustez do processo de fabricação, bem como demonstrando atendimentos às especificações técnicas exigidas pela legislação regulatória. Os testes de estabilidade inicial de Glargilin fabricados na planta de Nova Lima também foram concluídos satisfatoriamente.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores