quarta-feira , 24 abril 2024
Capa » Cannabis » Vendas de Cannabis Medicinal nas farmácias crescem 127%

Vendas de Cannabis Medicinal nas farmácias crescem 127%

Importações diminuem ritmo de crescimento em relação aos anos anteriores e registram aumento de 69%

Enquanto se prevê para 2024 um importante avanço regulatório para a indústria da cannabis medicinal, o setor segue apresentando avanços sem procedentes nas vendas.

O aumento expressivo de médicos e pacientes que optam por esta via terapêutica promoveram um crescimento de 127% nas vendas em volumes nas farmácias brasileiras, em 2023, na comparação com o ano anterior. 

Levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Canabinoides, a BRcann, com base nos indicadores de mercado do IQVIA, informam que foram comercializadas 356,6 mil unidades de produtos entre janeiro e dezembro do ano passado. Em igual período de 2022, as vendas alcançaram 157 mil unidades. 

O faturamento do setor se aproximou de 150 milhões de reais nas farmácias, atingindo a marca de 143 milhões, contra 65,2 milhões registrados em 2022. O crescimento foi de 119%. 

“O acesso aos produtos de cannabis avança na medida em que cresce o número de prescritores impactados com educação médica responsável por mostrar os benefícios dos tratamentos com canabinoides para diversas doenças. Ao mesmo tempo, tudo caminha para um maior amadurecimento regulatório do setor, o que fortalece a operacionalidade das empresas que atuam localmente “, afirma Bruna Rocha, diretora executiva da BRcann.
O número de autorizações sanitárias concedidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também continua a crescer, ultrapassando 50. “A diversificação da oferta de produtos regularizados no contexto da RDC 327 tem impactado positivamente os preços, com o custo médio em 2023 atingindo R$ 403, indicando uma queda de aproximadamente 40% em relação à média observada nos últimos três anos. Isso favorece o acesso e incentiva pacientes que antes importavam a adquirir produtos localmente”, explica Bruna Rocha.

Importação dimui ritmo

As importações individuais de produtos de cannabis autorizadas pela Anvisa também apresentaram crescimento em 2023. O aumento na demanda foi de 69% em relação a 2022. Foram concedidas nos 12 meses do ano passado 136.663 autorizações ante a 80.413 registradas em igual período do ano anterior. 

O resultado é expressivo, no entanto, apresenta uma redução no ritmo quando comparado com os 2 últimos anos. “O avanço de 2021 para 2022 foi de 99,7%, enquanto de 2020 para 2021 foi de 126%”, explica.”, explica Rocha. 

Para a BRcann, a análise dos números de vendas nas farmácias comparado aos pedidos de importação demonstra de forma bastante clara um movimento de transição no modelo de acesso. “Médicos e pacientes buscam não apenas a comodidade e os preços cada vez mais baixos encontrados nas farmácias assim como a segurança de utilizar um produto que é submetido à regulação da Anvisa “, justifica.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores