sexta-feira , 12 abril 2024
Capa » Artigos técnicos » Logística farmacêutica: setor carece de mão de obra e sofre com baixa adesão de profissionais especializados

Logística farmacêutica: setor carece de mão de obra e sofre com baixa adesão de profissionais especializados

Mesmo com a abertura de 150 mil vagas nos setores de logística e transporte até 2025, falta muito para o avanço, explica o especialista em logística farmacêutica, Jackson Campos.

Em 2023, o setor de logística foi destacado como um dos principais geradores de emprego no Brasil. Já neste ano, de acordo com os dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor prevê abertura de 150 mil vagas nos setores de logística e transporte até 2025No entanto, apesar do panorama positivo e promissor, existe uma área dentro dos serviços de transporte, distribuição e armazenagem de produtos que ainda enfrenta escassez de profissionais qualificados: a logística farmacêutica. A principal razão para essa carência é a demanda por um alto nível de especialização, devido à natureza delicada e altamente regulamentada das cargas manipuladas.

“As particularidades abrangem desde o armazenamento em ambientes controlados até o transporte que demanda precauções especiais para preservar a integridade dos produtos. Embora tenha havido um aumento nas disciplinas voltadas para a capacitação em logística farmacêutica, especialmente durante a pandemia, muitas delas abordam o setor de maneira generalizada, sem explorar as peculiaridades específicas da logística farmacêutica”, destacou Jackson Campos, especialista em logística farmacêutica e Diretor da AGL Cargo.

A indústria é um dos pilares da saúde global, que exige uma logística precisa e eficiente para garantir que os medicamentos cheguem aos pacientes de forma segura e oportuna. Com isso, possui diversas etapas nesse processo. Abaixo, o especialista destaca algumas das principais:

Armazenamento: Após a fabricação, os medicamentos são armazenados em instalações adequadas, que devem atender a requisitos específicos de temperatura, umidade e segurança. O armazenamento adequado é essencial para preservar a integridade dos produtos até que sejam distribuídos.

Distribuição: A distribuição é uma fase crítica da logística farmacêutica, envolvendo o transporte dos medicamentos das instalações de armazenamento para os locais de venda ou para os pontos de distribuição intermediários. Este processo requer uma coordenação cuidadosa para garantir a entrega oportuna e segura dos produtos.

Controle de Estoque e Rastreabilidade: Durante todas as etapas da logística farmacêutica, é essencial manter um controle preciso do estoque e garantir a rastreabilidade de cada lote de medicamentos. Isso permite uma resposta rápida a qualquer problema de qualidade ou segurança e ajuda a evitar a circulação de produtos falsificados ou adulterados.

Gerenciamento de Devoluções e Descartes: Por fim, o gerenciamento de devoluções e descartes de medicamentos expirados ou danificados é uma parte fundamental da logística farmacêutica. Isso requer processos eficientes para garantir a retirada segura e adequada dos produtos do mercado, protegendo a saúde pública e o meio ambiente.

“A colaboração entre as empresas do setor pode facilitar a criação de padrões e práticas comuns que promovam a eficiência e a segurança em toda a cadeia de suprimentos farmacêutica, e ainda assim não perder mão de obra”, salienta Campos, que destaca também. “À medida que há avanço em direção a um futuro cada vez mais orientado para a saúde, é imperativo reconhecer o papel desempenhado pela distribuição de produtos pharma na garantia do acesso a medicamentos seguros e eficazes”, finaliza.

Saiba mais sobre Jackson Campos: Diretor de Relações Institucionais da AGL Cargo, autor do livro Venda por telefone sem precisar visitar: Um guia para serviços de comércio exterior, Campos atua com comércio exterior e relações governamentais há anos, o que o coloca em posição de destaque para abordar quaisquer desdobramentos relacionados à importação, exportação, comércio exterior e lobby dentro da logística farmacêutica internacional. O especialista que também é Fellow do CBEXs possui facilidade em explicar todos os processos e etapas que fazem parte do ciclo de vida de um determinado produto, desde a movimentação de seus insumos até a sua entrega no cliente, desvendando dados, estatísticas e revelando os percalços do comércio exterior. Saiba mais em: Jackson Campos

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores