sexta-feira , 18 outubro 2019
Capa » Medicina » Prevenção de suicídios: ‘Algoritmo da Vida’ é aprimorado com computação em nuvem e inteligência analítica

Prevenção de suicídios: ‘Algoritmo da Vida’ é aprimorado com computação em nuvem e inteligência analítica

Ferramenta é capaz de identificar perfis públicos no Twitter de pessoas com problemas emocionais a partir dos textos produzidos, cuja linguagem sinaliza existência de um quadro de depressão.

São Paulo, SP, outubro de 2019 – No mundo, mais de 1 milhão de pessoas tiram a própria vida a cada ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ou seja, uma morte a cada 40 segundos em todo mundo, onde apenas 38 países possuem estratégias de prevenção ao suicídio. O cenário nacional não é diferente. Todos os dias, 32 brasileiros morrem por suicídio. Em 2018, foram 11 mil vidas perdidas. Segundo o Ministério da Saúde, os números também revelam que o suicídio aumentou 20% nos últimos cinco anos entre jovens de 15 a 19 anos. Essa já é a quarta causa mais frequente de morte entre jovens no país.

Para ajudar na prevenção de suicídios e reduzir esses números, a agência Africa e a Bizsys criaram o Algoritmo da Vida, uma solução que identifica palavras, expressões e frases que indicam sintomas de depressão em postagens públicas no Twitter. Isso é possível porque pessoas com depressão repetem um determinado grupo de palavras com mais frequência – a “gramática da depressão” –  como indicam estudos de especialistas em saúde mental*.

A iniciativa, que já analisou mais de 34 milhões de tweets, conta agora com apoio tecnológico da SAP e da Amazon Web Services (AWS).

Como funciona, passo a passo

  1. O Algoritmo da Vida faz uma varredura constante e automatizada de todos tweets públicos, aqueles que podem ser vistos por qualquer pessoa da internet, mesmo sem ter uma conta de usuário no Twitter.
  2. A ferramenta avalia palavras, frases e, com ajuda da inteligência artificial, realiza uma interpretação da mensagem, indicando se o tom é negativo e se o texto contém os elementos da gramática da depressão.
  3. Quando uma publicação com essas características é identificada pelo Algoritmo da Vida, ela é direcionada para um time de profissionais voluntários que realizam uma análise humanizada, para considerar contexto, ironias, recorrência e entender o risco de cada situação.
  4. Para essa análise, o painel de visualização apresenta informações para facilitar a interpretação da situação: destaque em negrito de frases enquadradas na gramática da depressão, histórico de mensagens e recorrência de tweets com o assunto.
  5. Caso o autor apresente um comportamento com ideação suicida, um voluntário envia uma Mensagem Direta no Twitter, sugerindo que a pessoa entre em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias
  6. As mensagens enviadas foram pré-definidas e podem ser adaptadas pelos voluntários, que foram treinados pela equipe do CVV, para que toda comunicação seja humanizada.

A Tecnologia

Desenvolvido pela agência Africa e pela Bizsys, o Algoritmo da Vida passa a contar com tecnologias da SAP Brasil e da AWS, que se unem à causa para contribuir com a melhoria contínua da ferramenta, por meio do apoio de times técnicos de analistas de dados e engenheiros de solução em nuvem.

Com o SAP HANA Cloud, o algoritmo será refinado por especialistas da SAP, buscando melhorias da base de dados e implementação de inteligência analítica – capaz de identificar mudança de comportamento nos perfis monitorados e sinalizando ações necessárias.

Toda a plataforma do Algoritmo da Vida rodará no ambiente de nuvem da AWS e será replicado na SAP, que oferece escalabilidade, estabilidade e segurança para os dados. A companhia também escalará profissionais do seu time de arquitetos de soluções para trabalhar no desenvolvimento da aplicação.

“Somos uma companhia que tem obsessão pelos clientes e colocar toda nossa história de inovação em nuvem a serviço do bem-estar das pessoas, estejam elas onde estiverem, é uma forma de dar um sentido maior a esse, que é nosso primeiro princípio de liderança”, comenta Cleber Morais, diretor geral da AWS no Brasil.

Luciana Coen, diretora de CSR e Comunicação na SAP Brasil, acredita que iniciativas como essa possuem forte impacto para identificar vulnerabilidades emocionais e ajudar para que as pessoas tenham acesso a serviços de apoio. “A tecnologia tem a capacidade de escalar a solução de problemas, podendo atingir mais pessoas. O Algoritmo da Vida é um projeto que abraçamos e que acreditamos que fará a diferença na vida de muitas pessoas”, diz.

Para a Africa, além do conhecimento técnico disponibilizado pela SAP e AWS, a parceria agrega uma visão analítica, baseada em dados, que vai permitir o controle total da ferramenta, além do diagnóstico em tempo real do quadro de perfis monitorados – que podem ser incluídos em uma base de dados para ações de suporte à sociedade em projetos de saúde pública, educação e combate à prevenção

“O Algoritmo da Vida nasceu a partir de uma ideia da agência que agora alcança uma nova escala. Esse sempre foi um dos nossos objetivos, desde o início do projeto. Então é gratificante tirar do papel essa nova parceria e ver as áreas de comunicação e tecnologia unindo forças para gerar cada vez mais impacto positivo”, comenta Sergio Gordilho, copresidente e CCO da Africa.

* Referências:

  •  Predicting Risk of Suicide Attempts Over Time Through Machine Learning, dos autores Colin G. Walsh, Jessica D. Ribeiro, e Joseph C. Franklin, da Association of Psychological Science da Florida State University. https://bit.ly/2DwOYgM
  • In an absolute state: elevated use of  absolutist words is a marker specific to  anxiety, depression and suicidal ideation, dos autores Mohammed Al-Mosaiwi and Tom Johnstone Department of Psychology, School of Psychology and Clinical Languages, University of Reading. https://bit.ly/2UGhySu
  • MIT neural-network model, desenvolvido pelos autores Tuka Alhanai e James Glass, pesquisadores da Computer Science and Artificial Intelligence Laboratory , Mohammad Ghassemi, membro do Institute for Medical Engineering and Science,  http://bit.ly/2lU4mgB

Sobre a SAP
Como empresa de experiência impulsionada pela estratégia de Intelligent Enterprise, a SAP (NYSE: SAP) é líder do mercado mundial de aplicações de software empresarial e ajuda empresas de todos os tamanhos e setores do mercado a funcionar melhor – 77% das transações mundiais são realizadas usando sistemas SAP. Nossas tecnologias de machine learning, Internet das Coisas (IoT) e análise avançada de dados ajudam a transformar os negócios de nossos clientes em empresas inteligentes. A SAP também proporciona às pessoas e organizações uma visão de negócios profunda e promove colaboração que os ajuda a permanecer à frente de seus concorrentes. Simplificamos a tecnologia para as empresas para que possam consumir nosso software do modo que quiserem – sem interrupções. Os serviços e aplicações da SAP dão a mais de 437 mil clientes ao redor do mundo condições para operar com rentabilidade, adaptar-se continuamente e fazer a diferença. Com uma rede global de clientes, parceiros, colaboradores e líderes de pensamento, a SAP ajuda o mundo a funcionar melhor e a melhorar a vida das pessoas. Para obter mais informações sobre a SAP Brasil, visite http://www.sap.com/brazil, a Sala Virtual de Notícias da SAP, http://news.sap.com/brazil/, e siga o canal de notícias no Twitter @SAPBrasil.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores