domingo , 3 julho 2022
Capa » Notícias » Novo laboratório vai transformar Ribeirão Preto em polo de genômica e biotecnologia

Novo laboratório vai transformar Ribeirão Preto em polo de genômica e biotecnologia

Estrutura será criada com a parceria entre o Supera Parque de Inovação e Tecnologia e o governo do Estado de São Paulo, aumentando acesso a testes genéticos e apoio a pesquisas de novos produtos; laboratório deve entrar em operação no segundo semestre de 2022

A cidade de Ribeirão Preto deve ganhar, até o segundo semestre de 2022, um laboratório especializado em genética molecular para apoiar pesquisadores e empreendedores ligados aos setores da biotecnologia e áreas correlatadas das mais diversas regiões do País. O Laboratório de Genômica é resultado de uma parceria do Supera Parque de Inovação e Tecnologia, ligado à USP, através da entidade gestora Fipase, e o governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

O convênio para colaboração técnica prevê investimentos de aproximadamente R$ 495 mil pelo Estado, que serão destinados à compra de equipamentos e estruturação do espaço. “A ideia é criar um polo genômico para antecipar possíveis demandas dos setores, além de fomentar projetos de pesquisa e desenvolvimento, favorecendo a chegada de novos produtos ao mercado”, destaca o gerente do Parque Tecnológico, Eduardo Cicconi.

Com a oferta de serviços pelo laboratório do Supera Parque, os pesquisadores terão maior acesso a testes que, geralmente, são realizados no exterior com custos elevados. “O laboratório otimizará o tempo, a logística e os custos para a realização dos testes. Embora os testes genéticos possam ser realizados no Brasil também, os valores praticados acabam sendo inviáveis”, explica.

“O Polo de Genômica e Biotecnologia da região de Ribeirão Preto foi uma das primeiras propostas ao Supera Parque após a instituição da Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento. A qualidade da pesquisa já realizada nas universidades e nas empresas cria uma forte vocação que tem que ser apoiada e acelerada”, afirma Eduardo Molina, secretário municipal de Inovação e Desenvolvimento de Ribeirão Preto e presidente do Conselho da Fipase.

O projeto é coordenado por Luís Alexandre Pedro de Freitas, diretor técnico da Fipase, doutor em Engenharia Química pela Universidade Federal de São Carlos.

Tecnologia

O Laboratório de Genômica do Supera Parque fará análises de ácidos nucleicos (RNA e DNA) a partir da tecnologia de microarranjos (microarrays). A metodologia é ágil e permite a análise simultânea e global de todo o genoma (conjunto de genes), abrindo possibilidades de pesquisa e desenvolvimento de inovações em diferentes áreas. Entre as aplicações, poderão ser desenvolvidos, por exemplo, estudos oncológicos, farmacológicos, de doenças raras, de célula-tronco, entre outros.

O Supera Parque dará suporte a laboratórios especializados em atividades já estabelecidas como, por exemplo, diagnósticos de câncer, fertilidade, pré-natais, exames em recém-nascidos e de predisposição, entre outros. Além disso, fornecerá estrutura necessária para que startups e outras empresas possam desenvolver Produtos Mínimos Viáveis (MVPs) e validações na área genética.

O Laboratório de Genômica será estruturado com equipamentos e tecnologia de última geração, compatíveis com os grandes laboratórios de genética do mundo. Também auxiliará na superação de obstáculos inerentes a atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação, além de apoiar empresas e outras entidades públicas e privadas na realização de suas atividades operacionais de rotina.

O laboratório dará suporte a duas principais atividades: prestação de serviços e apoio a atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), além de conhecimento científico. Entre os públicos-alvo estão empresas de base tecnológica, prestadores de serviços, principalmente, em setores agropecuário, da saúde humana e animal (hospitais, clínicas, laboratórios, institutos e centros de ensino e pesquisa).

Inovação e tecnologia

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, gerido pela Fipase, é resultado de uma parceria entre a USP, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no campus da USP local, o parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios.

Ao todo, são 88 empresas instaladas no parque. O Parque Tecnológico está em expansão com a urbanização de lotes para instalação de empresas e a implantação do Container Park, um novo complexo empresarial. Outras informações sobre o parque estão disponíveis no site superaparque.com.br

Fonte: Jornal da USP com Assessoria de Comunicação do Supera Parque

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores