domingo , 21 julho 2024
Capa » Notícias » Merck e B-SEED abrem inscrições para programa de codesenvolvimento de startups e deep techs do setor de ciências da vida

Merck e B-SEED abrem inscrições para programa de codesenvolvimento de startups e deep techs do setor de ciências da vida

Com inscrições até 14 de julho, programa selecionará 10 empresas para receberem apoio no desenvolvimento tecnológico e no planejamento integrado de negócios

São Paulo, Brasil, junho de 2024 – A Merck, líder em ciência e tecnologia, por meio de sua divisão de Life Science, anuncia a criação de um programa de codesenvolvimento de startups e deep techs (startups baseadas em tecnologias científicas), em parceria com a desenvolvedora de empresas B-SEED. Com o objetivo de potencializar soluções que possam impactar positivamente o mercado de Life Science, o programa difere das incubadoras e aceleradoras tradicionais ao fornecer diagnóstico personalizado para cada startup e apoiá-las no desenvolvimento tecnológico e na estruturação do modelo de negócios.

Cada startup receberá um diagnóstico de maturidade personalizado sobre parâmetros de Negócios, Mercado, Tecnologia, Equipe, Propriedade Intelectual e Financiamento, bem como um planejamento estratégico integrado para otimização do negócio. As empresas poderão contar, ainda, com suporte no desenvolvimento tecnológico; workshops de finanças aplicadas, estratégia de negócios, estrutura de vendas, tecnologias disruptivas e tendências; apoio de mentores especialistas na construção de negócios; além de acesso à expertise e infraestrutura da rede de laboratórios Merck. 

Esta é a primeira vez em que a Merck realiza um programa de inovação que integrará startups e deep techs ao ecossistema interno da companhia. Entre as 10 participantes, a Merck irá selecionar as 4 startups mais bem-estruturadas e com projetos mais promissores para receberem um crédito exclusivo de R$ 30.000,00 para utilização em seus produtos, soluções e serviços.

O programa selecionará 10 empresas que atuem no segmento de ciências da vida e tenham projetos ou soluções focadas em bioinformática e modelagem computacional; bioinsumos para agricultura; bioquímica; biotecnologia ambiental, de sistemas, molecular, celular ou sintética; biossensores e testes rápidos para o mercado agrícola ou toxicológico; desenvolvimento de fármacos, vacinas e dispositivos médicos para saúde humana ou animal; desenvolvimento de soluções sustentáveis em agrotecnologia; genética e genômica; nanobiotecnologia; química verde; entre outras.

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até as 18h do dia 14 de julho, por meio de preenchimento do formulário disponível no site do programa, onde também constam todos os critérios de seleção. O programa de codesenvolvimento terá duração de 7 meses, com início previsto para agosto de 2024.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores