terça-feira , 20 outubro 2020
Capa » Notícias » Medley lança campanha institucional e abraça público feminino

Medley lança campanha institucional e abraça público feminino

Ação intitulada “A pandemia tem gênero” terá conteúdo e canais de auxílio focados em mulheres, o grupo majoritário na linha de frente da pandemia¹

São Paulo, julho de 2020 – Sempre atenta às necessidades de seu consumidor, a Medley, reconhece o papel crucial do público feminino na sociedade e anuncia o lançamento de uma campanha para apoio e acolhimento de mulheres. Elas são socorristas, profissionais de saúde, voluntárias da comunidade, empresárias e chefes de família. Mesmo desempenhando múltiplas funções, a mulher compõe o grupo desproporcionalmente mais afetado em cenários de crise, como o que estamos vivendo atualmente com COVID-19, afirma o levantamento da ONU Mulheres¹.

Intitulada “A pandemia tem gênero”, a iniciativa terá, além de campanha de comunicação nas redes sociais e TV, uma página de conteúdo para que as mulheres possam se sentir mais seguras e acolhidas, ampliando o entendimento sobre a sua própria jornada de vida. Consumidora prioritária de medicamentos em todo o Brasil², este público viu crescer em meio à pandemia a desigualdade social, a violência, o desemprego e a disparidade racial. Essas e outras questões serão abordadas na campanha e em sua página dedicada, que também funcionará como canal para quem deseja receber ajuda de ONGs especializadas em acolhimento e atenção feminina. O público também é convidado a colaborar como voluntário da causa.

“A Medley está no mercado de genéricos há mais de 20 anos e sempre reconheceu o esforço das mulheres, principalmente aquelas que estão na linha de frente do cuidado à COVID-19, e dentro de suas casas, cuidando de suas famílias e garantindo o sustento de seus entes. Para nós, o acesso à saúde vai muito além do uso de medicamentos e por isso a campanha ‘A pandemia tem gênero’ levará informação e cuidado, de brasileira para brasileira, para garantir que todas possam cuidar si mesmas e consigam desenvolver autoestima e empoderamento, e consequentemente, terem mais acesso a uma vida saudável, diz Denise Mello, Head de Branding e Projetos Estratégicos.

A campanha, que estreou nos canais da Medley em 18 de julho e faz parte dos esforços da Medley no incentivo à segurança, especialmente das pessoas em grupos de risco, durante a pandemia. Para informações sobre essa e demais ações, acesse e participe: www.medley.com.br/mulheres.

Conheça mais sobre as ONGs parceiras e faça parte:

As ONGs que fazem parte deste projeto foram selecionadas em parceria com o Atados, uma plataforma social online que conecta pessoas a oportunidades de voluntariado em causas sociais, que já gerou o projeto Vizinho Amigo (https://www.atados.com.br/vizinhoamigo). O Atados tem o propósito de mobilizar pessoas, articular soluções e recursos para impulsionar transformações e fortalecer a atuação de organizações em diversas causas sociais.

O projeto Segura a Curva das Mães foi criado a partir da união da ONG “Instituto Casa Mãe” e o “Coletivo Massa” com o objetivo de garantir apoio para mães e suas famílias em situação vulnerável agravada pela Covid-19. O projeto abrange o Brasil inteiro e prioriza apoio emergencial para essas mulheres que são responsáveis por outras pessoas. Caso tenha interesse em saber mais ou realizar uma doação, acesse: https://seguraacurvadasmaes.org.

A ONG Orientavida tem como objetivo garantir direitos para indivíduos e famílias de baixa renda em situação de vulnerabilidade econômica por meio de programas de capacitação focados no empoderamento feminino. Para saber mais e realizar uma doação, acesse: https://orientavida.org.br/quem-somos.

A ONG Asplande auxilia na criação de empreendimentos e projetos com o objetivo de emancipar e empoderar mulheres de baixa renda que também são chefes de suas famílias. Eles garantem instrumentos e amparo em meio a desigualdade social. Para saber mais e realizar uma doação, acesse: http://www.asplande.org.br.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores