sábado , 6 junho 2020
Capa » Notícias » INO-4800: a vacina que pode impedir propagação do coronavírus

INO-4800: a vacina que pode impedir propagação do coronavírus

Cientistas norte-americanos trabalham para desenvolver a vacina que poderá barrar o coronavírus que, até o momento, já infectou quase 8 mil pessoas em vários países e matou quase duas centenas de pessoas. Se tudo correr bem, dentro de poucos meses a vacina poderá começar a ser testada.

A farmacêutica Inovio, cuja sede fica na cidade de San Diego, Estados Unidos, espera conseguir ter a vacina pronta para ser testada em humanos no início do verão de 2020.

O fato de as autoridades chinesas terem sido rápidas a divulgar o código genético do vírus – contrariamente ao que aconteceu em epidemias anteriores – ajudou os cientistas a determinar a origem do mesmo, as prováveis mutações e a perceber a melhor forma de desenvolver um instrumento preventivo eficaz: uma vacina.

O laboratório da farmacêutica Inovio, na cidade de San Diego, na Califórnia, é neste momento um dos locais onde a vacina está sendo desenvolvida. Os cientistas da Inovio esperam ter o produto pronto para ser testado em humanos no início do verão e já lhe deram um nome: “INO-4800”.

“Assim que a China forneceu a sequência do DNA do vírus, conseguimos colocá-lo na tecnologia dos nossos computadores e desenvolver o protótipo de uma vacina em apenas três horas”, explicou à BBC Kate Broderick, vice-presidente de Pesquisa e Desenvolvimento da Inovio.

A vacina ainda não “nasceu”, mas já tem nome: INO-4800.

Caso os testes iniciais sejam bem sucedidos, seguir-se-ão testes em maior escala, idealmente na China.

“Depois, utilizamos as células do próprio paciente como uma fábrica para a vacina, fortalecendo os mecanismos de resposta naturais do corpo”, acrescentou.

Esta quinta-feira, subiu para 170 o número de mortos causados pelo novo* coronavírus na China, informaram as autoridades de saúde locais. O número total de pessoas infetadas até agora é de cerca de 7.700, superando assim a quantidade de contaminados pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) em 2002-2003.

*Os coronavírus (CoV) são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.

Fonte: BBC

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores