sábado , 14 dezembro 2019
Capa » Notícias » Goiás tem projeto pioneiro de cuidado farmacêutico

Goiás tem projeto pioneiro de cuidado farmacêutico

Serviço clínico farmacêutico da Cemac Juarez Barbosa permite atendimento humanizado ao paciente que é acompanhado no local.

A Central Estadual de Medicamentos de Alto Custo Juarez Barbosa (Cemac), unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), iniciou um novo trabalho que permite atendimento humanizado ao paciente que faz acompanhamento no local. O serviço clínico farmacêutico foi estabelecido por meio do projeto “O cuidado farmacêutico no componente especializado da assistência farmacêutica”. A iniciativa está dentro do preconizado no termo de compromisso celebrado entre o Hospital do Coração (HCor); Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos; e a SES.

“A farmácia clínica vai além da dispensação do medicamento, é uma prática profissional em que o farmacêutico se responsabiliza pelas necessidades do paciente relacionadas com os medicamentos, por meio da detecção, prevenção e resolução dos resultados negativos da medicação, de modo contínuo, sistemático e documentado, interagindo com o médico, visando sempre o uso racional de medicamentos e a adesão ao tratamento”, afirma o diretor geral da Cemac, Roney Pereira Pinto.

O diretor explica que, inicialmente, foram estruturados dois consultórios farmacêuticos, com quatro profissionais, para atender 800 pacientes portadores de esclerose múltipla, a patologia escolhida para iniciar o serviço clínico farmacêutico. “Em dois anos queremos alcançar metade das doenças atendidas pelos componentes especializados”, estima Roney.

Alana Quézia, de 29 anos, é formada em enfermagem e há três anos é atendida na Cemac Juarez Barbosa. Ela lembra que já utilizou três diferentes medicamentos disponibilizados na unidade e que antes recebia acompanhamento à distância. Em relação ao novo formato adotado pelo local para atendimento dos usuários, ela conta que se sente mais esclarecida. “Mais segura, me sinto mais segura. Eu posso tirar dúvidas, ainda mais que é um remédio que estou começando a usar agora. O trabalho faz uma diferença enorme”, revela a jovem.

Melhorias 

O coordenador do ambulatório de doenças desmielinizantes do Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi (HGG), o neurologista Fernando Elias Borges, afirma que, por meio do projeto da Cemac, pacientes de esclerose múltipla já relatam melhorias no atendimento. O médico afirma que, ao conhecer o projeto na Cemac, pôde observar a seriedade ética da proposta, de prestar atenção farmacêutica correta e atenta.

“Além de verificar a correção da prescrição e os critérios de inclusão e exclusão dos protocolos, os farmacêuticos também ficam atentos a possíveis efeitos adversos e interações entre os medicamentos, muita das vezes alertando o médico, que pode tomar condutas em relação à melhor prescrição, evitando iatrogenias, que são doenças com efeitos e complicações causados como resultado de tratamento médico. Bom seria se todos os portadores de patologias raras que são atendidos em todas as unidades de saúde recebessem o mesmo cuidado e atenção”, considera.

A neurologista Denise Sisteroly, médica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás, afirma que após a implantação desse serviço os usuários se sentem mais participantes de seus tratamentos. Para ela, o acolhimento e as orientações dadas para os pacientes permitem um monitoramento do tratamento, em que são observados os resultados de exames, posologia das prescrições, entre outros. “Esse serviço auxilia os pacientes sobre suas expectativas e medos em relação ao tratamento, dando mais cidadania para os usuários que só fazem elogios desde o início desse atendimento farmacêutico”, revela. A médica ressalta ainda que a vigilância farmacêutica é fundamental para auxiliar no atendimento médico e que o serviço clínico farmacêutico na Cemac é algo inédito para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiás.

A Central 

A Central de Medicamento de Alto Custo Juarez Barbosa é uma farmácia pública que executa o Componente Especializada da Assistência Farmacêutica, cujo público-alvo são pacientes portadores de doenças crônicas e raras. O objetivo é ampliar o projeto, gradativamente, para todos os pacientes atendidos pela central atualmente.

Fonte: Conass

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores