quinta-feira , 9 julho 2020
Capa » Home » Excelência na gestão e na montagem de ambientes controlados marca obra do Centro de Pesquisa e Inovação da Episkin
Excelência na gestão e na montagem de ambientes controlados marca obra do Centro de Pesquisa e Inovação da Episkin
Foto: Laboratório Episkin/L'Oréal

Excelência na gestão e na montagem de ambientes controlados marca obra do Centro de Pesquisa e Inovação da Episkin

Inaugurado em setembro último, o Centro de Pesquisa e Inovação da Episkin (subsidiária da L’Oréal), primeiro laboratório brasileiro que reproduz pele humana reconstruída para testes, foi construído em apenas três meses.

Com obra marcada pela eficiência na gestão e rapidez na montagem de salas limpas e ambientes controlados, a L’Oréal Brasil deu mais um passo na direção da pesquisa e desenvolvimento científico: foi inaugurado, no Centro de Pesquisa e Inovação (Rio de Janeiro-RJ), o primeiro laboratório brasileiro que reproduz pele humana reconstruída para testes. A Episkin, subsidiária da L’Oréal e líder mundial em bioengenharia de tecido, disponibiliza a tecnologia para a comunidade científica nacional e latino-americana e também para outras empresas dispostas a investir em métodos alternativos para avaliar a eficácia dos produtos.

“A inovação está no coração do nosso negócio e exige continuidade e consistência. A abertura de Episkin Brasil, o único laboratório das Américas e o terceiro no mundo, reflete a nossa confiança no potencial do mercado brasileiro. Também reforça a excelência científica da L’Oréal e nossa ambição de oferecer produtos seguros aos consumidores sem uso de testes em animais”, explicou An Verhulst-Santos, presidente da L’Oréal Brasil, no discurso de inauguração do laboratório.

Foto: Samuel Allard / Laboratório Episkin

Reconstrução da pele é feita com fragmentos descartados em cirurgias plásticas

Para reconstruir a epiderme, o laboratório utiliza fragmentos de pele doados em cirurgias plásticas. Destes fragmentos, são extraídos queratinócitos (principal célula da epiderme), que serão multiplicados no laboratório após testes de segurança. Essas células crescem sobre uma membrana plástica e formam todas as camadas da epiderme. A partir da pele reconstruída, podem ser feitos testes para avaliar irritação, proteção solar, potencial alergênico e permeabilidade.

“A missão do Centro de Pesquisa e Inovação da L’Oréal Brasil é entregar com mais agilidade grandes inovações de produtos, focadas no consumidor brasileiro, reforçando nosso compromisso de longo prazo com o país.  Com a Episkin, damos um passo a mais que muito nos orgulha. A pele humana reconstruída é uma enorme conquista não só para a ciência e a inovação brasileira, mas também para todos os interessados em promover o uso de métodos alternativos”, comemora Delphine Allard, Diretora de Pesquisa e Inovação da L’Oréal Brasil.

A inauguração do laboratório da Episkin em território nacional é o resultado de um trabalho iniciado há quase 30 anos, em Lyon, na França, como contou Rodrigo de Vecchi, CEO da Episkin Brasil: “Nossa missão de disponibilizar esses modelos para o Brasil começou em 2016, através de uma parceria com o Instituto D’Or de pesquisa e ensino, quando iniciamos a transferência tecnológica do modelo produzido em Lyon, na França, há quase 30 anos, aqui para o Rio de Janeiro. Desde então, nosso time já gerou mais de 6 mil tecidos humanos reconstruídos aqui no Brasil, que foram usados para pesquisa científica, treinamento, capacitação e disseminação dessa cultura de métodos alternativos”.

Foto: Samuel Allard / Laboratório Episkin

Rodrigo também destacou a contribuição do laboratório para os avanços da ciência brasileira e a disponibilização de modelos alternativos, como a epiderme reconstruída, não só para testes com cosméticos, mas ainda para diversos tipos de produtos, como brinquedos, materiais escolares e outros que possam provocar algum tipo de reação cutânea. “A Episkin se orgulha em dizer que está pronta para disponibilizar seu primeiro modelo validado para a comunidade científica e empresas interessadas no método alternativo, que já é amplamente utilizado em países da América do Norte, Europa e da Ásia. Tenho certeza de que este é apenas o começo e esperamos ver cada vez mais laboratórios implementando e desenvolvendo novas aplicações e protocolos inovadores.”.

A EPISKIN é líder mundial em bioengenharia de tecidos para métodos alternativos. A empresa produz pele reconstruída e vários tecidos epiteliais sob um controle rígido de qualidade e a disponibiliza essa tecnologia em diversos países no mundo, não apenas para a Pesquisa & Inovação da L’Oréal, mas também para outras empresas, grupos de pesquisa ou centros de teste. Estes tecidos são ferramentas validadas para serem usados como métodos alternativos, ou seja, para substituir os testes em animais em testes de segurança.

Foto: Laboratório Episkin/L’Oréal

Gestão da obra

A Master Trade, como construtora, realizou na íntegra a gestão desta obra, atuando com pessoal próprio, e em certos casos subcontratando parceiros. Os serviços prestados foram as instalações de:

  • Construção civil – compreendendo a adequação de área de escritórios do centro de pesquisas da L’Oréal Pesquisas e Inovação para construção de novo laboratório de produção de pele humana, com instalação de divisórias, esquadrias e acessórios para salas limpas, mobiliário para laboratório, tubulações de drenagem e esgoto, paredes em Drywall, revestimento de Piso, execução de forros para salas limpas e para instalações comerciais.
  • Mecânica – Execução de instalações de sistemas de ar condicionado e ventilação para salas limpas, com fabricação e instalação de redes de dutos e acessórios, aquisição e instalação de equipamentos e instrumentos para o sistema de tratamento e condicionamento de ar e comissionamento dos sistemas de HVAC.
  • Elétrica – Execução de instalações elétricas e de automação para controle de utilidades, detecção e alarme de incêndio e cabeamento estruturado, compreendendo a instalação de toda a infraestrutura, aquisição e instalação de equipamentos, quadros de distribuição e automação, No Breaks e sistemas de iluminação, lançamento de cabos elétricos, de automação e cabeamento de voz e dados.
  • Mecânica – Execução de instalação de tubulações para os sistemas de utilidades e projeto e construção de estruturas metálicas para mezanino.
  • Construção civil – Instalação de sistemas de proteção e combate contra incêndio,
  • Mecânica – Execução de instalação de tubulações, equipamentos e instrumentos para os sistemas de suprimento de gases especiais
  • Execução de todo o comissionamento das instalações elétricas, de automação, ar condicionado e ventilação e utilidades.

Segundo o engenheiro mecânico Luis Antonio de Carvalho e Silva, diretor da Master Trade, o principal desafio foi a execução da obra em curtíssimo espaço de tempo determinado pelo cliente (90 dias), “uma vez que os prazos de fornecimento de equipamentos foi quase o prazo de execução do empreendimento, mas, conseguimos atingir o objetivo final entregando ao cliente a instalação para o início dos testes e inauguração”.

Salas Limpas e ambientes controlados

A Monthac Salas Limpas foi a empresa responsável pelo fornecimento de materiais e mão de obra própria especializada para montagem de divisórias e forro em painéis termoisolantes de poliuretano, portas, visores com vidros temperados, luminárias embutidas no forro, pass-through com intertravamento, banco de pulo em aço INOX AISI 304 escovado e acessórios de acabamento padrão GMP. O diretor da Master Trade destacou a presença da empresa de São José dos Campos (SP) na obra: “Contamos constantemente com a parceria da Monthac em projetos cujo desafio é a qualidade, e o prazo de execução. Os custos nestes casos são analisados em segundo plano, porém, é um fator também decisivo na escolha do nosso parceiro comercial. A Monthac neste últimos tempos vêm se demonstrando uma grande parceira em todos estes quesitos, motivo pelo qual estamos trabalhando juntos nos últimos 5 projetos por nós realizados nos últimos meses”, elogiou.

A RMS Group foi responsável por realizar o teste, ajuste e balanceamento (TAB) do sistema HVAC, como também certificar que a área limpa em questão apresentava parâmetros conformes mediante a um critério de aceitação estabelecido por norma. Os ensaios foram realizados em dois momentos, antes e após a instalação dos equipamentos destinados à manipulação dentro do laboratório – as cabines de segurança biológica e a capela de exaustão (Fume Hood). Este último influencia diretamente nos principais parâmetros medidos no comissionamento, vazão e diferencial de pressão entre os ambientes. “Eu diria que foi nosso maior desafio, mas toda a infraestrutura instalada pela Master Trade nos deu recurso para adequarmos a área limpa a um padrão de excelência, como também se mostrou impecável no quesito qualidade”, resumiu o Analista de Projetos da RMS, Fernando Oliveira.

Redação: 2A+ Portais de Notícias com informações da L’Oréal Brasil
Permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte (Portal de Notícias 2A+ Farma) e com link para esta matéria.

Galeria de fotos:

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores