segunda-feira , 27 junho 2022
Capa » Indústria química » Evonik inaugura nova fábrica de membranas na Áustria
Evonik inaugura nova fábrica de membranas na Áustria

Evonik inaugura nova fábrica de membranas na Áustria

A Evonik Industries inaugurou mais uma unidade de produção de membranas em sua planta de Schörfling, na Áustria. A nova unidade de fabricação de fibras ocas produz principalmente módulos de membranas para a geração eficiente de nitrogênio e gases de processo. O nitrogênio responde por cerca de 40% do mercado global estimado de separação de gás, o que o torna o segundo maior mercado depois do gás natural. 

De acordo com o Dr. Harald Schwager, vice-presidente da Diretoria Executiva da Evonik, “o negócio de membranas é um excelente exemplo do quanto as inovações são importantes para o sucesso corporativo. Aqui nós geramos crescimento para a Evonik por meio de novos produtos e abrimos novos mercados em estreita cooperação com os nossos clientes”.

Em Schörfling, a Evonik atualmente produz módulos para separação de gás principalmente para o mercado de biogás e para a recuperação de hélio. A nova unidade de fiação de fibras ocas duplica a capacidade de produção atual das membranas SEPURAN®.

O Dr. Claus Rettig, presidente da Diretoria Executiva da Evonik Resource Efficiency GmbH, disse que “o investimento em Schörfling aumenta as nossas possibilidades de ampliar ainda mais o nosso portfólio de membranas. Nosso objetivo é oferecer aos nossos clientes e parceiros membranas customizadas em todos os segmentos do mercado de separação de gás”.

A Evonik investiu um valor total na casa média dos dois dígitos de milhões de euros na expansão da planta austríaca. Além da nova unidade de fiação de fibras ocas, foram criadas unidades para atividades como desenvolvimento de tecnologias, tecnologias de aplicação, testes de membranas e garantia da qualidade. Mais de 30 novos empregos foram criados nas áreas de produção e administração.

Em Lenzing, perto do site de Schörfling, é fabricada a matéria-prima poliimida, um polímero de alta performance, que é transformada em fio e depois processada adicionalmente em Schörfling. A infraestrutura em Lenzing será devidamente melhorada como parte da expansão do site.

As membranas SEPURAN® oferecem um método particularmente eficiente para a separação de gases como metano, nitrogênio ou hidrogênio de misturas de gás. As inovadoras membranas de fibras ocas feitas de polímeros de alta performance estão no cerne do processo de separação. Elas são muito resistentes a altas temperaturas e à pressão, e podem ser adaptadas aos requisitos do cliente. As vantagens do uso da tecnologia de membranas da Evonik para separação de gás podem ser resumidas na separação mais precisa dos gases e no aumento da produtividade resultante do processo.

A família de produtos SEPURAN® do Segmento Resource Efficiency da Evonik inclui membranas para o processamento de biogás, geração local de nitrogênio e também para a recuperação de hélio e nitrogênio. Há mais de cinquenta anos, a Linha de Negócios High Performance Polymers desenvolve e produz polímeros de alta performance que possibilitam inovações com eficiência de recursos em uma ampla variedade de indústrias.

Lançadas com sucesso em 2011, as membranas SEPURAN Green para o processamento de biogás já foram instaladas em mais de 100 plantas de processamento de biogás no mundo inteiro.

Desde então, a tecnologia de membrana vem sendo desenvolvida de modo constante. Neste período, a linha de produtos foi ampliada com a inclusão da membrana SEPURAN® Noble para o processamento de gás hélio e hidrogênio.

A Evonik prevê um crescimento na faixa inferior de dois dígitos percentuais para o mercado de gás hélio e hidrogênio nos próximos anos. Em 2016, a empresa de especialidades químicas e o grupo tecnológico The Linde Group ampliaram a sua colaboração no mercado de separação de gás por membranas.

A parceria já resultou em uma fábrica de referência para a recuperação de hélio, inaugurada em agosto do ano passado em Mankota (Canadá) e a primeira do gênero no mundo a combinar ambos os processos de separação: as tecnologias de membranas e de adsorção por variação de pressão. A nova planta processa mais de 250.000 m3 de óleo cru por dia e produz hélio com grau industrial (99,999%).

A nova membrana de fibras ocas para geração eficiente de nitrogênio – SEPURAN® N2 – foi acrescentada ao porftólio de membranas no início de 2016.

 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores