terça-feira , 28 junho 2022
Capa » Notícias » Eurofarma lança medicamento inovador para diabetes melitus

Eurofarma lança medicamento inovador para diabetes melitus

Suganon® (evogliptina) oferece comodidade posológica e baixa interação medicamentosa, com segurança e estudo realizado no Brasil

São Paulo, fevereiro de 2022 – A Eurofarma, farmacêutica que mais investe em inovação no Brasil, está lançando na América Latina o Suganon® (evogliptina), uma terapia inovadora para pacientes diabéticos tipo 2.

Suganon® (evogliptina) é um novo inibidor da enzima DPP4, que apresenta os benefícios de oferecer comodidade posológica, além de possuir baixo potencial de interação com outras medicações, garantindo mais facilidade e segurança para os prescritores e pacientes diabéticos tipo 21-3. O novo medicamento de uso oral foi estudado especificamente na população brasileira em 10 centros de pesquisa nacionais localizados nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Distrito Federal, demonstrando eficácia (redução média de HbA1c superior a 1) no controle glicêmico4.

A classe dos inibidores de DPP4 é considerada muito segura, não se associa a hipoglicemias e não promove ganho de peso5. Seu mecanismo de ação promove aumento da concentração sanguínea de GLP-1 ativo, hormônio relacionado à liberação de insulina após a alimentação e, consequentemente, reduz a glicemia pós-alimentar. A evogliptina conta com o diferencial de alta seletividade de inibição da DPP4, que se traduz em segurança adicional uma vez que não possui ação off target, ou seja, não promove inibição de outras enzimas com estrutura similar6.

“As doenças cardiometabólicas são importantes pela elevada prevalência e pelas complicações associadas. Suganon® (evogliptina) é um medicamento inovador, altamente seletivo e de simples manejo clínico, para qualquer perfil de paciente com diabetes melitus tipo 2, com segurança e eficácia comprovada na população brasileira”, explica Martha Penna, vice-presidente de Inovação da Eurofarma.

Suganon® (evogliptina) foi desenvolvido pela Dong-A, farmacêutica sul-coreana, com aprovação pela agência do país desde 2015. A Eurofarma, que conduziu estudo clínico junto à população brasileira4, possui parceria para fabricar, registrar e comercializar o produto em toda a América Latina. Na Argentina e na Bolívia o produto já foi lançado em 2021. A previsão de lançamento no Brasil é no 1° semestre de 2022 e, nos demais países latino-americanos, até 2023.

“Estamos muito felizes que a Eurofarma esteja levando Suganon® (evogliptina) para os pacientes latinoamericanos que sofrem de diabetes tipo 2. Este lançamento de Suganon® é um resultado precioso de uma parceria fiel e de longo prazo entre a Eurofarma e a Dong-A, a partir da inovação que ambas as empresas valorizam para oferecer uma diferença de impacto aos pacientes”, acrescenta Hee-Beom Park, Diretor Executivo, Chefe de Desenvolvimento da Dong-A ST.

Epidemiologia do Diabetes no Brasil e no mundo

Diabetes tipo 2 é altamente prevalente. A condição é caracterizada pela elevação da glicose (açúcar) no sangue decorrente da ação inadequada da insulina produzida pelo pâncreas. Com a evolução da doença, ocorre falência progressiva da função pancreática com menor produção de insulina.

Segundo o Atlas 2019, da International Diabetes Federation, o Brasil é o país com o maior número de pessoas com diabetes na América Latina e o 5º país no mundo, com 16,8 milhões de adultos entre 20 e 79 anos com esta doença7. Estima-se que, até 2030, 40,2 milhões de pessoas na América Latina serão diagnosticadas com diabetes. Um dado alarmante é que um em cada três pacientes portadores de diabetes tipo 2 não são adequadamente diagnosticados e encontram-se em risco de desenvolver complicações sérias que impactam diretamente na qualidade de vida7.

Tolerabilidade de Suganon®

Suganon® (evogliptina) é um medicamento moderno com alta tolerabilidade, com baixa incidência de eventos adversos8.

Fontes: 1. McCormack PL. Evogliptin: First Global Approval. Drugs. 2015 Nov;75(17):2045-9 2. Kim MK, Chae YN, Kim HD, et al. DA-1229, a novel and potent DPP4 inhibitor, improves insulin resistance and delays the onset of diabetes. Life Sci. 2012 Jan 2;90(1-2):21-9. 3. Hong T, Jin BH, Kim CO, et al. Pharmacokinetics and safety of evogliptin in hepatically impaired patients. Br J Clin Pharmacol. 2021 Jul;87(7):2757-2766. 4. Cercato C, Felício JS, Russo LAT, et al. Efficacy and safety of evogliptin in the treatment of type 2 diabetes mellitus in a Brazilian population: a randomized bridging study. Diabetol Metab Syndr. 2019 Dec 19;11:107. 5. Deacon CF. Dipeptidyl peptidase-4 inhibitors in the treatment of type 2 diabetes: a comparative review. Diabetes Obes Metab. 2011 (13) 7-18. 6. Nabeno M, Akahoshi F, Kishida H, et al. A comparative study of the binding modes of recently launched dipeptidyl peptidase IV inhibitors in the active site. Biochem Biophys Res Commun. 2013;434:191-196. 7. Atlas IDF 2019 – Internacional Diabetes Federation. Último acesso em 29 de julho de 2021. 8. Oh H, Nguyen HD, Yoon IM, Kim MS. Efficacy and Tolerability of Evogliptin in Patients with Type 2 Diabetes Mellitus: A Systematic Review and Meta-analysis with Bayesian Inference Through a Quality-management System. Clin Ther. 2021 Jul 22:S0149-2918(21)00231-9

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores