segunda-feira , 15 julho 2019
Capa » Notícias » Encontro apresenta estudo sobre viabilidade técnica e econômica da Logística Reversa de Medicamentos

Encontro apresenta estudo sobre viabilidade técnica e econômica da Logística Reversa de Medicamentos

Com o apoio e a participação do Sindusfarma e de mais 15 entidades, a consultoria KPMG apresentou um estudo sobre a viabilidade técnica e econômica do sistema de Logística Reversa de Medicamentos domiciliares, vencidos ou em desuso, após o descarte pelo consumidor. A reunião aconteceu no auditório do Sindusfarma e transmitida ao vivo, via internet, na segunda-feira (8), e foi realizada pelos especialistas da KPMG Cristiano Rios, Tatiana Tomioka e Danielle Moreira.

O estudo analisou três cenários para implementação do programa de logística reversa do Brasil: ponto fixo, campanhas (farmácias e locais públicos) e adoção de farmácias.

Também foram apresentados os dados obtidos em um benchmarking das iniciativas de logística reversa de medicamentos adotadas por Estados Unidos, Canadá, Portugal, Espanha, Suécia, França e Austrália, em que foram comparados a quantidade de medicamentos comercializados anualmente, o tamanho da população e o número de farmácias, além do modelo de coleta, armazenagem, transporte e destinação dos medicamentos.

O estudo conclui que para haver a viabilidade técnica e econômica é necessário que alguns problemas atualmente existentes sejam solucionados, tais como: malha logística deficiente, limitações dos pontos de destinação, riscos sanitários ao longo da cadeira, questões tributárias, inviabilidade de reaproveitamento de resíduos, baixo volume dos resíduos gerados, entre outros.

Participaram da abertura do encontro a presidente executiva da Interfarma, Elizabeth de Carvalhaes, a presidente executiva da PróGenéricos, Telma Salles, e o presidente executivo do Sindusfarma, Nelson Mussolini.

A pesquisa realizada pela consultoria KPMG é resultado da ação conjunta das entidades do setor farmacêutico: Abafarma, ABCFarma, Abimip, Abradilan, Abrafarma, Alanac, Febrafar, Grupo FarmaBrasil, Interfarma, PróGenéricos, Sincofarma, Sindifar, Sindifargo, Sindusfarma, Sindusfarq e Sinfarq-RJ.

Fonte: Sindusfarma

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*