domingo , 21 julho 2024
Capa » Home » EMS doa mais de 70 mil comprimidos em apoio ao projeto Barco da Saúde no Pará
EMS doa mais de 70 mil comprimidos em apoio ao projeto Barco da Saúde no Pará
Divulgação EMS

EMS doa mais de 70 mil comprimidos em apoio ao projeto Barco da Saúde no Pará

Expedição criada por alunos e docentes da Faculdade São Leopoldo Mandic levará, entre 2 e 11 de julho, doações e atendimento médico e odontológico para comunidade carente no Pará

Julho de 2024 – A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, é apoiadora do Barco da Saúde, projeto humanitário que tem o objetivo de levar atendimento médico e odontológico para comunidades ribeirinhas e indígenas no estado do Pará, que têm acesso restrito a serviços de saúde. A tradicional expedição, idealizada por alunos e professores da Faculdade São Leopoldo Mandic, acontecerá entre os dias 2 e 11 de julho e terá como foco as cidades de Aveiro e Belterra. A farmacêutica contribuiu com a doação de mais de 70 mil comprimidos e 1,8 mil frascos de medicamentos essenciais para o tratamento de doenças prevalentes, entre antibióticos, antiparasitários, anti-hipertensivos, corticoides e anti-inflamatórios.

De acordo com Marcus Sanchez, vice-presidente da EMS, este é mais um ano em que a empresa se junta a este trabalho fundamental para a saúde de milhares de pessoas. “Quero parabenizar a organização pelo empenho e dizer que é um prazer somar forças a este nobre projeto. A EMS está de braços abertos para ajudar a viabilizar iniciativas que contribuem para diminuir os gargalos sociais, gerar inclusão e garantir o acesso a mais qualidade de vida, especialmente daqueles que mais necessitam. Este é um forte compromisso dentro da nossa agenda de responsabilidade social”, ressalta.

Divulgação EMS

Em sua 5ª edição, a expedição contará com uma equipe de 45 pessoas entre médicos, dentistas e alunos de Medicina e Odontologia, mais os profissionais de suporte. Serão realizados atendimentos nas áreas de ginecologia e obstetrícia, clínica geral, oftalmologia, pediatria, dermatologia e odontologia. A expectativa é que sejam feitos entre 1,5 mil a 2 mil atendimentos a crianças, adolescentes, adultos e idosos que vivem às margens dos rios da região, durante os dez dias da expedição.

“A demanda da odontologia é bem grande e serão oito profissionais e sete alunos da Instituição que prestarão este tipo de atendimento, além de levarem o projeto ‘Aprender Brincando sobre Saúde’, por meio de um livro que ensina a produzir atividades lúdicas de saúde bucal com material reciclável”, explica a professora Dra. Luciana Okajima, coordenadora do curso de Odontologia da Mandic.

“Já para os atendimentos médicos, serão dez profissionais das áreas de clínica médica, pediatria, oftalmologia, ginecologia e obstetrícia, dermatologia, mais um técnico em ultrassonografia, um técnico de ótica e 16 alunos”, esclarece o Prof. Dr. Marcos Teixeira, coordenador do curso de Medicina.

Criado em 2017 por alunos da Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas, o Barco da Saúde é um projeto sem fins lucrativos que vem transformando a vida das pessoas atendidas. Segundo a organização, o trabalho é mantido por meio de doações e, ao todo, somando as últimas quatro expedições, foram realizados mais de 7 mil atendimentos que não só transformaram vidas como impactaram positivamente os estudantes que vivenciam esta experiência.

Serviço

5ª Expedição Barco da Saúde

Data: 2 a 11 de julho

Local: Município de Aveiro e Belterra, no Pará (PA)

Contato: [email protected]

Instagram: @barcodasaudeslmandic

Como doar: Pix para [email protected] ou diretamente com os alunos organizadores, Guilherme Marson (66) 99977-5864, Monique Miamoto (11) 97546-9394 ou Victor Hugo Freitas (27) 99786-5993

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores