terça-feira , 20 abril 2021
Capa » Notícias » Brasil já começou a produzir vacina Sputnik V, diz fundo russo

Brasil já começou a produzir vacina Sputnik V, diz fundo russo

Kirill Dmitriev, diretor do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), declarou na quinta-feira (21) que a União Química, empresa brasileira responsável pela produção da vacina Sputnik V em território nacional, já começou a produzir o imunizante em massa no Brasil.

Não foi informado quando foi o início da produção, mas a informação até o momento era de que a União Química pretendia iniciar o processo na próxima sexta-feira (29) em uma planta no Distrito Federal. Dmitriev também afirmou que espera que o pedido de uso emergencial à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) caminhe “nas próximas semanas”.

No último sábado (16), a Anvisa negou o pedido de uso emergencial da vacina russa por conta da falta de autorização para a condução dos ensaios clínicos fase 3, a condução em andamento no país desses estudos e questões relativas às boas práticas de fabricação.

A Sputnik V é desenvolvida na Rússia e já foi aprovada para uso emergencial em países como Argentina, Bolívia, Venezuela e Paraguai. Em agosto do ano passado, o governo da Bahia assinou um acordo com o Fundo Soberano Russo, que administra o desenvolvimento da vacina, para o fornecimento de 50 milhões de doses.

Na quarta-feira (20), o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou que a Anvisa forneça informações sobre a análise do pedido de uso emergencial da vacina Sputnik V, feito pelo Governo do Estado da Bahia.

A Bahia fez o requerimento ao STF para que tenha a permissão para importar e distribuir vacinas que já tenham o aval de autoridades sanitárias estrangeiras e a certificação da Organização Panamericana de Saúde (Opas), mesmo sem a liberação da Anvisa.

Fonte: Correio da Bahia

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores