quarta-feira , 20 janeiro 2021
Capa » Notícias » Aché inicia operação do armazém vertical robotizado na planta de Pernambuco com investimento de R$ 45 milhões

Aché inicia operação do armazém vertical robotizado na planta de Pernambuco com investimento de R$ 45 milhões

A integração digital de toda cadeia de produção na nova planta, desde o recebimento de insumos, armazenagem e embalagem até a expedição, colocam o Aché como indústria pioneira no Brasil a ter todas as soluções em uma mesma planta

O Aché Laboratórios iniciou a operação de seu armazém vertical na planta industrial de Pernambuco, que está localizada no Complexo Industrial e Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho em um terreno de 250 mil metros quadrados. O espaço, que teve um aporte financeiro de R$45 milhões, conta com as mais modernas tecnologias em automação e robotização importadas da Suíça e da Alemanha, o que proporcionará a integração digital em toda a planta, desde o recebimento de insumos, armazenagem e embalagem até a expedição. O processo robotizado com uso de AGVs (Automated Guided Vehicles) e ‘transelevadores’ integrando todo o sistema produtivo é pioneiro no Estado e fortalece as iniciativas da empresa pela excelência na indústria 4.0.

Com a inauguração, os insumos farmacêuticos ativos utilizados pelo Aché e os produtos acabados produzidos pela unidade de Pernambuco passarão a ser armazenados no local. O objetivo da companhia é otimizar o processo de produção em busca de melhorias contínuas na excelência operacional. Segundo o diretor executivo de operações do Aché, Marcio Freitas, a aquisição de equipamentos de tecnologia embarcada 100% on-line e a utilização dos AGVs em sistemas integrados é algo raro de se ver em uma indústria brasileira. “Durante o nosso benchmarking para trazer a tecnologia mais moderna para esta planta, visitamos outras indústrias que possuem armazém vertical automatizado e linhas de alta performance, outras que possuem AGVs, mas somos os primeiros no Brasil a ter todas estas soluções em uma mesma planta”, comentou.

A expectativa do Aché é colocar em prática o Sistema MES (Manufacturing Execution Systems) tendo sua primeira fase implementada em 2021 e conclusão total em 2023. O sistema permitirá que a empresa tenha disponível on-line todos os dados de um lote de produto, desde a matéria prima até a sua aprovação, incluindo os dados de rastreabilidade. Outras iniciativas para a excelência na Indústria 4.0 também estão sendo adotadas em outras unidades industriais da empresa pelo país. No estado de São Paulo, a produção de medicamentos líquidos na cidade de Guarulhos (SP) já é 100% automatizada desde 2007 com processos de fabricação e limpeza dos equipamentos e linhas de transferência realizados por meio de receitas eletrônicas gerenciadas por software e interface homem máquina (IHM).

Na outra unidade presente no Estado, na cidade de São Paulo, o Aché também utiliza equipamentos específicos para a produção gerenciados por receitas eletrônicas.

Cadastre-se para receber as matérias também via WhatsApp

Portais de Notícias 2A+

Conteúdos exclusivos, matérias, entrevistas, artigos, eventos e muito mais todo dia, a qualquer momento, para fazer de você o seguidor melhor informado.

Jornalismo feito por Jornalistas.

Integramos os elos entre a indústria, os fornecedores, o varejo e o consumidor. A Qualidade que seleciona seguidores de Qualidade.

Os fornecedores que prestigiamos são os nossos anunciantes.

Faça network com o mercado, não disperse tempo e dinheiro, anuncie conosco. Quem tem poder de decisão está nos Portais 2A+. 

The best way to access the Brazilian life sciences industry market.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Fale com os gestores