sábado , 2 julho 2022
Capa » HVAC-R » Especialista explica diferença entre desumidificador e climatizador

Especialista explica diferença entre desumidificador e climatizador

Ambos se assemelham em relação ao baixo consumo de energia e fácil transporte de um cômodo para outro, porém, têm finalidades diferentes.

Um ambiente agradável faz toda a diferença no bem-estar, na concentração e, consequentemente, na produtividade. A busca pelo conforto em locais como a casa e o escritório tem motivado a indústria de eletrodomésticos a desenvolver produtos que atendam a essa demanda, como o desumidificador e o climatizador.

O Diretor da Thermomatic, fabricante de desumidificadores de ar, explica que o climatizador é o equipamento responsável por ventilar e refrescar o cômodo. “Seu funcionamento ocorre por meio de ventiladores que circulam gotículas de água, ajudando a umidificar o ar”, explicou Sven von Borries.

O ambiente seco e a busca por amenizar o calor são os principais motivos que levam uma pessoa a adquirir um climatizador de ar, já que ele pode baixar ou aumentar a temperatura de dois a cinco graus.

Porém, o empresário faz algumas observações. “Trata-se de um aparelho que contribui para o aumento da umidade relativa do ar. Ou seja, não é recomendado para locais muito úmidos, pois pode favorecer a proliferação de microrganismos, agentes de mofo e bolor”, ponderou Sven.

Indagado sobre qual é a função do desumidificador, Borries destaca que diferentemente do ar-condicionado, ele não altera a temperatura do ambiente, nem umidifica o ar, como o climatizador. “Ele irá controlar a umidade, mantendo-a dentro dos padrões determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que orienta uma porcentagem entre 50% e 60%”, disse.“O desumidificador retira a umidade do ambiente por meio da condensação da água presente no ar, inclusive a água retirada do produto pode ser reutilizada”, explicou o Diretor da Thermomatic.

Por ajudar a controlar a umidade relativa do ar, o desumidificador é aconselhado para a preservação de bens materiais e para a conservação de alimentos ou temperos, por exemplo.

“Com a umidade controlada é possível melhorar a qualidade do ar e evitar a proliferação de fungos, que geram mofo e bolor, além dos ácaros, responsáveis pelas crises alérgicas”, reforçou Sven.

Voltando ao comparativo, o empresário frisou que caso comecem a surgir manchas na parede, deterioração de móveis de madeira, de documentos ou intensificação de alergias, a solução mais recomendada é o desumidificador. “Ele irá retirar o excesso de umidade do ambiente e reter a tradicional poeira domiciliar. Assim, é possível melhorar a qualidade do ar e proteger o imóvel contra possíveis ataques de microrganismos”, finalizou Sven von Borries.

Para saber mais sobre os desumidificadores de ar Desidrat, acesse: https://www.thermomatic.com.br/fique-por-dentro/o-desidrat.html
 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores