segunda-feira , 4 julho 2022
Capa » HVAC-R » DNPC-Abrava recebe palestra sobre a importância da eficiência energética em aparelhos de ar condicionado

DNPC-Abrava recebe palestra sobre a importância da eficiência energética em aparelhos de ar condicionado

Evento faz parte do projeto Quinta Tecnológica, que acontece mensalmente.

 No último dia 07 de dezembro, O Departamento Nacional dos Projetistas e Consultores, da ABRAVA – Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento, ofereceu uma palestra sobre a importância da energia elétrica nos sistemas de ar condicionado. O evento, que aconteceu na sede da ABRAVA, em São Paulo, reuniu cerca de 30 profissionais de engenharia elétrica e mecânica. A palestra faz parte do projeto Quinta Tecnológica, que oferece sempre na primeira quinta-feira de cada mês um espaço para exposição e troca de ideias sobre assuntos relacionados à refrigeração ou aquecimento.

Dessa vez o encontro foi comandado por Jorge Luis Gennari, engenheiro elétrico formado pela Poli e fundador da Mantest, empresa que oferece consultoria, auditoria e manutenção em sistemas elétricos e energias renováveis. O profissional iniciou sua apresentação abordando os avanços que o setor elétrico passou desde o século XIX. “Os Sistemas Elétricos de Potência (SEP) foram desenvolvidos para atender às três maiores invenções do século XIX: a lâmpada, em 1860, o motor elétrico, em 1866, e o refrigerador, em 1913”, lembrou.

De lá para cá, muita coisa evoluiu e melhorou, mas proporcionalmente, a geração e o consumo de energia no país, não acompanharam o mesmo ritmo de crescimento. Em relação a países desenvolvidos, como Japão, Alemanha e Estados Unidos, o consumo per capita no Brasil é consideravelmente menor. A explicação é que os brasileiros ainda dispõe de menos conforto proporcionado por aparelhos que demandam energia elétrica do que os habitantes dessas nações. Contudo, a demanda no país é crescente, em especial devido à expansão dos eletrônicos.

O fato demonstra a necessidade de atenção em relação ao aumento da eficiência e a busca por soluções em outras formas de energia, como cinética, solar, eólica e nuclear. “Infelizmente, nossos sistemas elétricos ainda apresentam muitas interrupções no abastecimento, o que gera muitas implicações, em especial nas indústrias”, lamentou. “Precisamos buscar novas formas de geração de energia a fim de ter uma oferta mais abundante e de melhor qualidade”.

Em relação aos projetos de ar condicionado, o engenheiro destacou que, na maioria das vezes, a baixa eficiência enérgica é consequência de erros de projeto e instalação. “É preciso muito cuidado para que os sistemas de ar condicionado sejam projetados, construídos, operados e mantidos de forma acertada, gerando não apenas o conforto térmico desejado, mas também o seu desempenho energético adequado”, destacou.

Nesse sentido, o profissional reforçou a importância das certificações, que garantem a qualidade de todo o sistema. O grande destaque é a norma IEEE 493. “A vantagem das normas é garantirem a isonomia do mercado, bem como manter a qualidade mínima assegurada ao consumidor. Infelizmente, são muitos os casos de maus produtos e maus fornecedores na área, o que reforça a necessidade de buscarmos sempre os melhores profissionais e marcas”, finaliza Gennari.

Sobre a ABRAVA e o DPNC: http://abrava.com.br

A ABRAVA – Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado, Ventilação e Aquecimento – é uma instituição sem fins lucrativos que congrega e representa empresas nacionais e multinacionais atuantes nas áreas de indústria, comércio e serviços ligados ao mercado AVAC-R (aquecimento, ventilação, ar condicionado e refrigeração). Um dos departamento da instituição é conhecido como DNPC – Departamento Nacional de Empresas Projetistas e Consultores – que atende a necessidade de reunir e integrar empresas dedicadas exclusivamente à atividade de projetos na área AVAC-R. Seu objetivo é encontrar melhores técnicas, estabelecer parâmetros e alinhar procedimentos para que sempre haja maior garantia de qualidade nos projetos desenvolvidos para o setor. A Associação, como um todo, acaba por defender os interesses da classe, assim como promover boas práticas do meio, sempre prezando pelo respeito ao meio ambiente e ao cliente.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores