sábado , 20 outubro 2018
Capa » GMP » Como estão as patentes brasileiras?

Como estão as patentes brasileiras?

O registro de patente é uma espécie de segurança de propriedade intelectual em muitos segmentos, inclusive na indústria farmacêutica. No Brasil, registrar uma patente acaba por ser uma barreira para muitos pesquisadores e laboratórios, visto que são necessários de 12 a 14 anos de espera, devido, principalmente, a longa fila de análises pendentes.

O registro de patentes de medicamentos difere apenas pelo fato de que o produto necessita também da aprovação de um órgão regulatório, no caso do Brasil, a Anvisa. No ano passado, ocorreu uma mudança nesse processo, que agora devolve ao INPI a palavra final na aprovação do registro, tentando assim diminuir as idas e vindas do processo na Anvisa. No vídeo, produzido pela FCE Pharma, especialistas no assunto sugerem algumas ações para o aceleramento desse processo, além da opinião do laboratório Cristália, que atualmente detém o maior número de patentes no país.
Conteúdo produzido pela comunicação da FCE Pharma

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*