sexta-feira , 1 julho 2022
Capa » Farmácias magistrais » Medicamento manipulado permite individualização e se consolida como opção ao produto industrializado

Medicamento manipulado permite individualização e se consolida como opção ao produto industrializado

A grande flexibilidade na customização dos medicamentos e preços altamente competitivos têm feito os medicamentos manipulados serem cada vez mais uma opção considerada por médicos e pacientes. Segundo dados da Anfarmag (Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais), o Brasil é hoje um dos maiores mercados mundiais de medicamentos manipulados, o que garantiu ao setor um faturamento de R$ 5 bilhões em 2016 no país.

Mas antes de optar pelos remédios manipulados, a maioria das pessoas questiona as vantagens e desvantagens de tal alternativa. A preocupação com a qualidade é outra questão sempre levada em conta, quando o que está em jogo é a eficácia do medicamento que vamos ingerir.

Para a farmacêutica Fernanda Lobo Vicentini, da Farma Conde Manipulação, o medicamento manipulado não é concorrente do medicamento industrializado, mas sim outra opção disponível no mercado. Segundo ela, a principal vantagem do produto manipulado é a grande flexibilidade na manipulação das fórmulas, permitindo uma maior individualização do medicamento.

“A manipulação permite individualizar as doses, as quantidades do medicamento e, até mesmo, a formulação, que muitas vezes não são encontradas no produto industrializado”, enfatiza a farmacêutica, que há oito anos está à frente das farmácias de manipulação da Farma Conde.

Em relação à formulação, muitas vezes o médico prescreve dois princípios ativos, que não são encontrados em um mesmo medicamento industrializado. Um exemplo disso é a combinação da condroitina e de um anti-inflamatório, usados em tratamentos de artrite. Como não existe a formulação pronta no mercado, é necessário que o paciente adquira dois medicamentos para ingestão combinada.

“Nesses casos, com a prescrição do médico, é possível formular um só medicamento com os dois princípios ativos, na dosagem e na quantidade necessárias. Com isso, os custos para o paciente podem ser substancialmente reduzidos”, afirma Fernanda.

Apresentação

Os medicamentos manipulados podem ser utilizados praticamente para todos os tipos de tratamentos ou enfermidades. A Farma Conde Manipulação, por exemplo, produz manipulados nas seguintes esferas:

– Alopáticos

– Antibióticos

– Dermocosméticos

– Ortomoleculares

– Fitoterápicos

– Citostáticos

– Hormônios

– Nutracêuticos

“Nós estamos capacitados para manipular, inclusive, medicamentos controlados, de diferentes portarias como, por exemplo, os antidepressivos e ansiolíticos”, explica Fernanda. Outra vantagem salientada por ela é a possibilidade de customizar a apresentação dos medicamentos. Eles podem ser apresentados em cápsulas, tabletes, xaropes, gotas, sachês, soluções, cremes, pomadas e, até mesmo, na forma de barra de chocolate e gomas. “No caso do chocolate, por exemplo, é usado principalmente para facilitar a ingestão de medicamentos por parte das crianças”.

Qualidade

A desconfiança ainda é um fator que pesa na hora de optar pelo medicamento manipulado. No entanto, as farmácias de manipulação precisam ter laboratórios próprios, que seguem rígidas regulamentações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Além disso, as substâncias usadas pelas farmácias de manipulação para fabricarem os medicamentos são as mesmas utilizadas pelos grandes laboratórios farmacêuticos. “No caso da Farma Conde, as matérias primas adquiridas contam com selo de procedência, o que garante a qualidade do produto utilizado. Além disso, utilizamos equipamentos de última geração e rigorosos controles de qualidade e de inspeção de cada medicamento produzido por nós”, finaliza Fernanda.

Sobre a Farma Conde

A Rede Farma Conde foi fundada no município de Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo, no ano de 1993, pelo casal Manoel Conde Neto e Cláudia Conde.

Sempre focado no objetivo de oferecer preços justos e facilitar o acesso da população à saúde, o casal trabalhou duro até transformar a primeira unidade em uma pequena Rede com 12 farmácias nas quatro cidades do Litoral Norte.

No início dos anos 2000, a Farma Conde abriu a primeira unidade em São José dos Campos (2003) e, logo em seguida, a primeira em São Paulo (2004). Em 2009, a Rede abriu a primeira farmácia de manipulação, ao mesmo tempo em que continuava seu processo de expansão, chegando a 50 unidades em 2012.

Os anos de 2013 e 2014 também foram marcantes para a Farma Conde, quando lançou sua marca própria, a Conlife e inaugurou a 100ª unidade. Atualmente, a Rede conta com 180 unidades em 70 cidades, empregando 3.000 funcionários e realizando o atendimento de 1,6 milhão de clientes por mês.

A Farma Conde conta ainda com oito unidades da Farma Conde Manipulação localizadas em São José dos Campos, São Paulo e Santos. Um dos diferenciais das unidades de manipulação é permitir a realização de orçamento em qualquer uma das 180 Farma Conde, em aplicativo de smartphone e pelo WhatsApp.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

× Fale com os gestores