quinta-feira , 26 maio 2022
Capa » Farmácias e Medicamentos » Crescimento: Pague Menos registra receita bruta de R$ 2,1 bilhões

Crescimento: Pague Menos registra receita bruta de R$ 2,1 bilhões

Digital cresce 63,1% no faturamento, atingindo 9,0% das vendas totais

Clinic Farma bate novo recorde com 837 mil atendimentos e 7,0% de adesão da base de clientes

Ao final trimestre, a companhia registrou 15,5 milhões de clientes ativos dos últimos 12 meses, aumento de 6,8% em relação ao 1T21

O incremento das mesmas lojas atingiu 7,1%, acima da inflação ponderada das categorias de produtos comercializadas, que foi de 6,3% no período

Fortaleza, maio de 2022 — No primeiro trimestre de 2022, as Farmácias Pague Menos (PGMN3), primeira rede do varejo farmacêutico a ter presença em todos os estados da Federação e Distrito Federal, alcançou 1.169 pontos de venda e a receita bruta totalizou R$ 2,1 bilhões, acréscimo de 10,5% em relação ao 1T21. O crescimento das mesmas lojas atingiu 7,1%, acima da inflação ponderada das categorias de produtos comercializadas, que foi de 6,3% no período.

O EBITDA Ajustado (Lucro antes dos Juros, Impostos, Taxas, Depreciação e Amortização) foi de R$ 162,4 milhões, com margem de 7,7%, uma redução de 0,6p.p. em relação ao 1T21. Em janeiro, fevereiro e março de 2022, o lucro líquido ajustado foi de R$ 24,4 milhões. “Os resultados do primeiro trimestre refletem o momento inicial na curva de maturação da nova safra de lojas, que continua evoluindo positivamente, mas ainda não atingiu seu potencial de vendas”, observa Mário Queirós, CEO da companhia. O executivo também pontua que a TIR estimada para essas primeiras lojas do ciclo de expansão é superior a 18%, bem acima do custo de capital da Companhia.

No novo ciclo de expansão, a companhia continua focada no adensamento das regiões Norte e Nordeste, aproveitando esporadicamente oportunidades de novos sites nas demais regiões, em mercados aderentes à sua proposta de valor e público-alvo. A nova safra de lojas reforça a interiorização da Pague Menos com a entrada em municípios de pequeno e médio portes, com cerca de 70% das novas unidades inauguradas em cidades de interior. Mais de 80% das lojas abertas nos últimos 12 meses estão localizadas em micromercados com predominância da classe média expandida, majoritariamente nas classes B2, C e D.Hub de Saúde em expansão

O Clinic Farma, principal ativo do Hub de Saúde Pague Menos, foi ampliado para 893 lojas, localizadas em todos os estados do Brasil, e registrou novo recorde com 837 mil atendimentos no 1T22, crescimento de 20,9% em relação ao 1T21 – e adesão de 7,0% da base de clientes.

“Aos poucos, os clientes passam a perceber cada vez mais valor na oferta de serviços de saúde em lojas e gradualmente o mercado de varejo farma vai se adaptando à nova realidade em que a farmácia passa a ocupar um importante espaço no atendimento primário ao paciente”, explica Queirós. E complementa: “Nesse contexto, nosso Clinic Farma assume protagonismo, tanto pela abrangência como pelo histórico de operação desde 2016. Estimamos possuir atualmente um market share de 20% dos consultórios farmacêuticos e de mais de 25% dos atendimentos realizados, dentre as redes que compõem a Abrafarma”.

A rede de convênios e parcerias continua sendo ampliada, com vendas provenientes desse canal representando 27,6% das vendas totais, crescimento de 11,8p.p. em relação ao 1T21. Além de contribuir para o bom desempenho de vendas, com a ativação de novos clientes, esse canal é considerado estratégico por fidelizar e alavancar o comportamento de compra dos clientes.

Crescimento de clientes ativos

As ações de CRM apresentaram resultados positivos como a redução na taxa de abandono e retenção de clientes de alto valor. Ao final do 1T22, a companhia registrou 15,5 milhões de clientes ativos dos últimos 12 meses, crescimento de 6,8% em relação ao 1T21. A venda incremental gerada por ativações personalizadas atingiu 3,2% das vendas totais. O crescimento total foi alavancado pelo aumento no volume de atendimentos, que totalizou 29 milhões no trimestre, crescimento de 11,3% em relação a janeiro, fevereiro e março de 2021.

No 1T22, o mix de vendas foi influenciado pela demanda provocada pela onda da variante Ômicron e do surto de Influenza, que impulsionaram as vendas de testes de Covid-19 e produtos para gripes e resfriados, incrementando a participação da receita de serviços e OTC (produtos que podem ser vendidos sem prescrição médica). Além dessas categorias, a venda de genéricos cresceu 17,2%. No primeiro trimestre de 2022, o efeito mix impactou positivamente a margem bruta do trimestre em 0,5p.p., comparado ao 1T21.

Plataforma omnichannel

Os canais digitais totalizaram R$ 189,4 milhões em vendas no 1T22, aumento de 63,1% em relação ao 1T21, alcançando 9,0% das vendas totais. O forte ritmo de crescimento vem acompanhado de melhorias consistentes no nível de serviço e manutenção de nível de rentabilidade saudável nos canais, evidenciando a qualidade e a sustentabilidade do crescimento apresentado. O app Pague Menos lançado no final de 2021, superou a marca de 600 mil downloads, sustentando bons níveis de avaliação dos usuários nas principais lojas de aplicativos.

Entre os canais, destacou-se no trimestre a Prateleira Infinita, que cresceu 237% em relação ao 1T21 e 19% em relação ao 4T21. Este canal cumpriu, no trimestre, papel importante no atendimento aos clientes diante do aumento de ruptura de estoques, gerado pelo pico de demanda de itens relacionados à Covid-19 e Influenza, ocorrido em janeiro de 2022. Os pedidos realizados via canais digitais e retirados na loja representaram 23% das vendas.

Recordes de vendas

As marcas próprias registram um recorde de vendas de R$ 134,7 milhões no 1T22, crescimento de 15,9% em relação ao 1T21. Com isso, a participação dessa categoria de produtos atingiu 6,4% das vendas totais e 13,9% das vendas do autosserviço. Outro destaque de vendas no trimestre, foi o canal de medicamentos especiais, o AME, que cresceu 116% em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a um portfólio com mais de 460 produtos.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale com os gestores