sábado , 4 dezembro 2021
Capa » Água (Página 5)

Água

aQuamec promove descontos em renovação e melhoria de equipamentos para tratamento de águas e efluentes

Com a campanha aQuaRenova, a aQuamec, especialista em saneamento e tratamento de águas e efluentes, possibilita oportunidade de modernização para estações de tratamento. Leia Mais »

General Water oferece soluções para tratamento de efluentes industriais

A General Water foi fundada em 2000 para suprir uma carência intrínseca na região metropolitana de São Paulo: a escassez de recursos hídricos. A filosofia da General Water é proporcionar aos grandes consumidores de água a oportunidade de contar com seu próprio sistema de abastecimento, tratamento de esgoto ou reuso de água, implantado e operado por uma empresa especializada no desenvolvimento e operação de soluções customizadas de saneamento.

Ainda dentro da sua filosofia de trabalho, a General Water é responsável por todos os custos, riscos e responsabilidade durante todas as fases do contrato. Cabe aos clientes apenas arcar com a água/efluente produzida nos sistemas.

www.generalwater.com.br

Tratamento de efluentes industriais

A GW implanta e é responsável pela operação e manutenção, durante todo o tempo de contrato, de estações de tratamento de efluentes industriais para adequação do descarte em corpos d´água ou na rede da concessionária em atendimento à legislação vigente. A GW desenvolve ainda projetos de reúso de efluente industrial, visando à diminuição do consumo de água potável e do descarte de efluentes, gerando redução de custos. Ao cliente, cabe apenas o pagamento do volume de efluente tratado e disponibilizado, para descarte ou reúso.

Medição de esgoto

Com o intuito de reduzir ainda mais os custos com água e esgoto de seus clientes, a GW pode atuar junto à Concessionária Pública através de ações do cunho técnico-administrativo para reduzir o volume de esgoto tarifado. A General Water possui ampla experiência com este tipo de solução, tendo realizado ações deste tipo com diversas concessionárias de saneamento.

Sistema de abastecimento de água potável

A General Water realiza todos os investimentos para a implantação de sistemas de abastecimento de água na qualidade requerida pelo cliente, que arca somente com a água produzida pelo sistema. Dentre as responsabilidades da GW podemos citar:  Estudos hidrogeológicos; Construção de poços tubulares profundos de alto desempenho (profundidades de 200 a 600 metros);  Implantação e operação de estações de tratamento de água, para adequá-las às condições específicas de consumo; Legalização dos sistemas perante os órgãos públicos competentes;  Análises da água atendendo à legislação.

Tratamento de esgoto doméstico

A GW desenvolve o projeto, implanta e realiza a operação de estações para o tratamento de esgoto doméstico em locais onde não há rede coletora da Concessionária Pública. A GW se responsabiliza por todos os custos de construção, pela obtenção de licenças e outorgas de lançamento de efluentes, pelos riscos do projeto e por toda a manutenção e operação do sistema. Cabe ao cliente pagar apenas pelo volume de esgoto que é tratado e descartado, atendendo à legislação.

Geração de água de reúso

A GW implanta e opera sistemas de tratamento de efluentes para geração de água de reúso, com recursos próprios e assumindo todos os riscos inerentes aos projetos. O cliente paga apenas pelo volume de água de reúso consumido mensalmente. Utilizando as tecnologias mais modernas existentes no Mundo para o tratamento de efluentes, como os sistemas de Osmose Reversa, MBR e VertreatTM, a General Water produz água de reúso de altíssima qualidade, adequada aos mais diversos fins não potáveis, como: uso em sistemas de resfriamento, vasos sanitários, irrigação, processos industriais, lavagens de pisos e .outros.

Além de reduzir o consumo de água potável, o reúso também é estratégia indispensável para reduzir o lançamento de efluentes em cursos d’água.  Além destas vantagens inegáveis, os sistemas de reúso GW geram enormes benefícios financeiros aos nossos clientes.

Operação de sistemas

A General Water também opera sistemas existentes de abastecimento de água potável ou de tratamento de efluentes, promovendo melhorias operacionais ou fazendo o retrofit dos mesmos. Nesses casos a General Water é responsável pela mão de obra, produtos químicos, licenciamento e adequações no sistema e o cliente arca apenas com a água produzida ou efluente tratado.

 

 

Purelab Flex purifica água de laboratório até o ponto de distribuição

Ultrapurificador da Veolia acompanha tela digital que mostra o nível de pureza, a resistividade e condutividade da água.

Especializado em aplicações para laboratórios químicos e de pesquisa, o ultrapurificador de água Purelab Flex é um sistema modular flexível que pode ser configurado para fornecer a qualidade da água purificada necessária em diversas aplicações, com monitoramento constante até o ponto de distribuição. O sistema faz parte da linha ELGA, marca subsidiária da Veolia, própria para laboratórios.

Com design ergonômico e dispensador flexível, o Purelab Flex inclui uma tela digital de fácil leitura, que permite vizualizar tanto o nível de pureza da água quanto a resistividade, condutividade ou a quantidade de carbono total da amostra, garantindo também a confiabilidade, a qualidade da água e permitindo o monitoramento durante o funcionamento do sistema.

“Para acionar o aparelho de distribuição basta ajustar no controle o volume desejado e confirmar para iniciar a dispensação. O aparelho também pode ser programado com volumes pré-definidos que podem ser repetidos sempre que necessário”, comenta José Mecenas, Supervisor de Vendas da Veolia Water Technologies.

A tecnologia PURELAB Flex é ajustável em altura, o que permite posicionar o ponto de distribuição para acomodar qualquer tamanho de recipiente. Outro benefício aos usuários é a facilidade e rapidez na substituição dos pacotes de purificação – minimizando o tempo investido nas manutenções de rotina.

A tecnologia se adapta à possíveis mudanças de layouts dos laboratórios, podendo ser configurada com um pacote de purificação integral e uma lâmpada UV para produzir água ultrapura (Tipo I), ou para produzir um sistema de monitoramento tipo II / III. As configurações do usuário podem ser personalizadas através de uma entrada USB integrada.

Tecnologia ajuda a reduzir consumo de água nas indústrias

No Brasil, uma tecnologia já disponível para o segmento industrial – e também utilizada por fabricantes de máquinas e equipamentos de setores como mineração, transporte, construção e petróleo e gás – vem permitindo que companhias reduzam em até 50% o consumo de água em sua linha de produção.

Conhecido como UC System, da Ultra Clean Brasil, o sistema realiza a limpeza a seco e em segundos de tubulações a partir do lançamento de projéteis especiais de espuma. Estes projéteis removem e recuperam produtos acabados parados nas tubulações, eliminam contaminantes e biofilme microbiano, e garantem aos fabricantes dos mais diversos segmentos economia de tempo, de sanitizantes, de produtos químicos e, principalmente, de consumo de água.

A tecnologia é uma resposta à urgente necessidade do segmento industrial repensar sua forma de consumir água durante a fabricação dos mais diversos itens. Segundo levantamento da Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura), o aumento da demanda de água na indústria deve totalizar 400% entre os anos 2000 e 2050 nos países em desenvolvimento, puxados por Brasil, Rússia, Índia, Indonésia, China e África do Sul.

Ainda de acordo com a organização, 56% de toda água doce hoje captada no planeta se torna água residual, ou seja, esgoto ou efluente industrial ou agrícola. Os números, que constam no Relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento de Recursos Hídricos, versões 2015 e 2017, evidenciam que as indústrias precisam adotar medidas urgentes para combater o desperdício e alcançar um uso mais eficiente da água.

“Todos podem fazer a sua parte para alcançarmos a meta do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, que visa reduzir pela metade a proporção de águas residuais não tratadas e aumentar a reutilização de água potável até 2030”, enfatiza Guy Ryder, presidente do UN Water (ONU Água, em tradução livre) e diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT). “Tudo gira em torno de gerir e reutilizar cuidadosamente a água que passa pelas nossas casas, fábricas, fazendas e cidades”.

Para apresentar ao mercado os benefícios do sistema UC System, a Ultra Clean Brasil acaba de lançar nas mídias sociais os vídeos “Doutor Ultra Clean Brasil”, que detalham a solução para as indústrias de processos (www.youtube.com/watch?v=qNbegqv4Ttk) e de sistemas hidráulicos (www.youtube.com/watch?v=Pieew12ee0g).

Link para o relatório da Unesco. As informações contidas neste texto são dos relatórios 2015 e 2017: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/natural-sciences/environment/wwdr/

Purelab Pulse, da Veolia, purifica água do tipo II por sistema de eletrodeionização

Desenvolvido para produzir água de alta pureza com custos de funcionamento econômicos para uma ampla gama de aplicações, incluindo cultura de células e preparação de mídia, o Purelab Pulse, da Veolia Water Technologies, é o único sistema de purificação de água tipo II que incorpora recirculação de água purificada até o ponto de dispensação, o que garante a máxima pureza.

Como parte da linha Elga, marca da Veolia especializada em laboratórios, o Purelab Pulse conta com um sistema de eletrodeioinização que combina resinas de permuta iônica e membranas seletivas de íons com corrente contínua para remoção eficiente de impurezas ionizadas da água.

“A tecnologia de pulso da Elga, combinada com intervalos prolongados entre a sanitização, reduz o tempo de manutenção e torna o Purelab Pulse um dos sistemas mais produtivos e amigáveis ​​ao meio ambiente dentre os convencionais”, comenta José Mecenas, supervisor de vendas da Veolia Water Technologies.

O Purelab Pulse é complementado por um sistema de pré-tratamento, osmose reversa e uma lâmpada UV de 254 nm para produzir água pura de Tipo II, que atende os padrões das mais reconhecidas farmacopeias. Além disso, o sistema pode ser equipado com um biofiltro de ponto de uso para fornecer níveis de bactéria de <1CFU / 10ml.

“Este equipamento foi projetado para se encaixar em qualquer ambiente de laboratório e é fácil de operar e manter. Pode ser montado na parede ou no banco para um acesso conveniente, bem como ser equipado com o reservatório exclusivo da Elga para economizar espaço”, completa Mecenas.

Aspectos microbiológicos da produção ao controle de água para uso em processos farmacêuticos e afins

A estrutura química da água e seu comportamento dipolar, torna-a um excelente meio para solubilizar, absorver, adsorver ou suspender diversos compostos, inclusive para carrear contaminantes e substâncias indesejáveis, as quais poderão alterar a pureza e eficácia de um produto e causar risco a saúde. Além disto, possui a capacidade de se contaminar logo após sua purificação (Farm. Bras. 5ª ed., vol.1, cap.11).

Leia Mais »

Fale com os gestores