quinta-feira , 22 outubro 2020
Capa » 2020 » setembro » 20

Arquivo Diário: 20/09/2020

Halex Istar realiza doação de R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol injetável para tratamento dos sintomas de Covid-19

Medicamento, novo no Brasil, é recomendado pela OMS e pelo Ministério da Saúde e será doado para mais de 250 organizações de saúde no país

São Paulo, setembro de 2020 – A farmacêutica brasileira HalexIstarvai doar o equivalente a R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol injetável para mais de 250 hospitais e organizações de saúde em todo o Brasil. A utilização do paracetamol é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde como primeira escolha no tratamento dos sintomas associados à infecção pela Covid-19 (como dor, mialgia e febre).

O Halexminophen, paracetamol injetável disponível em bolsas prontas para uso, foi aprovado pela ANVISA em abril deste. Além da Covid-19, o medicamento contribuirá com o tratamento de pacientes em clínicas e hospitais que apresentam dor aguda (como dores lombares, cólica renal e crises de enxaqueca), febre ou que estão em recuperação pós-operatória. O Halexminophen também representará uma alternativa de tratamento para pessoas alérgicas a outros analgésicos como dipirona e anti-inflamatórios.

“A chegada do Halexminophen ao mercado brasileiro beneficiará tanto os pacientes quanto o trabalho dos profissionais de saúde, que poderão contar com um produto eficaz, seguro e de manuseio muito mais prático. Buscamos sempre trazer soluções que contribuam de forma significativa para os tratamentos médicos no país”, afirma Paulo Dante Junior, CEO da HalexIstar.

Amplamente utilizado em diversos países, o medicamento facilitará o trabalho dos anestesiologistas. De acordo com a Dra. Christiane Pellegrino Rosa, anestesiologista do Hospital Sírio Libanês e gerente médica da HalexIstar, o paracetamol injetável pronto para uso permite reduzir o tempo de manuseio, bem como a incidência de erro de preparação. “Quando o profissional lida com pacientes com dor aguda, o tempo é o melhor recurso. Por isso, ter a oportunidade de trabalhar com a solução pronta para uso beneficia diretamente o paciente com um alívio rápido da dor e muitas vezes acelerando a sua recuperação”, comenta.

O Halexminophen poderá ser utilizado em pacientes que estão em jejum ou cuja via oral não está disponível como, por exemplo, nos casos de pacientes que estão acordando em recuperação pós-cirúrgica ou que tenham dificuldade de deglutição.

O produto também facilita o tratamento de pacientes alérgicos ou com restrições a outros medicamentos, principalmente a dipirona. “Até o momento, quando tínhamos que manusear um analgésico em um paciente alérgico, o fazíamos por meio de uma sonda. Agora, conseguiremos aliviar mais rapidamente a dor pós-cirúrgica, reduzir o consumo de opioides e, assim, dar mais satisfação ao paciente durante o período de internação. Além disso, ao reduzir o tratamento via oral, conseguimos superar o efeito de primeira passagem pelo fígado, proporcionando uma proteção hepática para o paciente”, diz Rosa.

Esta nova formulação reduz significativamente a dor no local da injeção e a ocorrência de flebite, o que é mais comum ocorrer com outros analgésicos. Outro benefício  importante, comprovado por vários estudos clínicos, é que o paracetamol reduz o consumo de opioides, drogas que atuam no sistema nervoso para a redução de dor e que estão relacionadas a riscos como a depressão respiratória e a desconfortos como a constipação intestinal, que é um dos fatores que pode prolongar o período de internação. Além disso, os opioides, apesar de eficazes no alívio da dor, estão relacionados à dependência física e podem causar sintomas de abstinência se forem usados de forma contínua, bem como afetar a constipação – fator relacionado diretamente à permanência hospitalar.

O Halexminophen contém 10mg/ml de paracetamol e será comercializado em duas formas de apresentação: bolsas de 50ml com 500mg e com 100ml contendo 1000mg que visam atender públicos diferentes em seus tratamentos, tais como: infantil, adulto, geriátrico ou pessoas com condições de saúde variadas. A dosagem indicada para cada paciente deve ser determinada pelo médico.

Como se trata de uma nova formulação para uso em pacientes hospitalizados, a HalexIstar vai investir em um programa de educação médica continuada para, rapidamente, capacitar os profissionais de saúde quanto à dosagem e ao manuseio do produto e diminuir quaisquer outras dúvidas por meio de seus representantes em todo o país. O conteúdo será baseado também em monografias, estudos científicos e experiências internacionais de médicos que já fazem uso deste fármaco no exterior.

Sobre a HalexIstar

A HalexIstar é uma indústria farmacêutica brasileira, fruto da fusão entre a Química Istar e o Laboratório Halex Ltda. Com sede em Goiás, a companhia também possui fábrica no Ceará e um escritório em São Paulo. Seu foco de atuação é a comercialização de soluções parenterais, ou seja, soros em bolsas que visam facilitar o manuseio e administração pelos profissionais médicos, para clínicas e hospitais. Desde 2016, a empresa atua fortemente com Pesquisa & Desenvolvimento como forma de auxiliar na disseminação do conhecimento e da inovação da medicina no país.

 

GSK recebe homenagem especial como protagonista de inovação no Brasil

A executiva Vânia Neves, CIO da GSK, receberá menção especial durante a Rio Info juntamente com personalidades de renome, como o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações Leia Mais »

Fale com os gestores